18/10/19
 
 

Coimbra. O distrito que o PS quer reconquistar ao PSD

16/09/2019 13:24

PS. Marta Temido

A atual ministra da Saúde, sucessora de Adalberto Campos Fernandes, foi a escolha do PS para encabeçar a lista de candidatos por Coimbra. É a segunda ministra da Saúde cabeça-de-lista em Coimbra, depois de Ana Jorge ter liderado a lista em 2011. Nas duas últimas legislativas, em 2015 e em 2011, o PS foi derrotado naquele distrito pelo PSD. Marta Temido nasceu em Coimbra em 1974 e é doutorada em Saúde Internacional pela Universidade Nova. Tem ainda um mestrado em Gestão e Economia da Saúde e uma licenciatura em Direito pela Universidade de Coimbra. Antes de assumir funções como ministra, em outubro de 2018, Marta Temido foi presidente do conselho diretivo da Administração Central do Sistema de Saúde e, entre 2013 e 2015, foi presidente da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares. Esteve ainda ligada à administração do Hospital da Cruz Vermelha.

 

PSD. Mónica Quintela

Rui Rio escolheu Mónica Quintela, que ficou conhecida por ser advogada de Pedro Dias, para liderar a lista de candidatos por Coimbra, um dos distritos mais disputados. Mónica Quintela já tinha sido, aliás, a escolha de Rui Rio como porta-voz para a Justiça do Conselho Estratégico Nacional. Mónica Quintela é próxima da vice-presidente do PSD Elina Fraga, tendo sido vogal do conselho geral da Ordem dos Advogados durante o mandato da antiga bastonária, entre 2014 e 2016. Além disso, o marido de Mónica Quintela, Rui da Silva Leal, foi vice da antiga bastonária Elina Fraga. Licenciada em Direito pela Universidade de Coimbra, Mónica Quintela, de 51 anos, foi também formadora nas áreas pedagógica e de direito dos cursos do IEFP. Trabalha em parceria com o marido, com quem já defendeu alguns dos casos mais mediáticos, como o da inspetora da PJ Ana Saltão, que foi acusada de matar a avó do marido com 14 tiros.

A inspetora foi absolvida.

 

CDS. Rui Lopes da Silva

Assunção Cristas escolheu Rui Lopes da Silva, o seu antigo assessor de imprensa enquanto foi ministra da Agricultura e do Mar no anterior Governo, para encabeçar a lista de candidatos do CDS por Coimbra. Rui Lopes da Silva foi, durante 14 anos, jornalista da RTP, e é uma das pessoas mais próximas da líder do CDS, sendo o seu atual chefe de gabinete. Conhecido como Ruca, o cabeça-de-lista do CDS tem 46 anos e é licenciado em Jornalismo pela Universidade de Coimbra. Frequentou também a licenciatura em Filosofia na Universidade de Coimbra. Como bandeiras, Rui Lopes da Silva diz que quer transformar Coimbra na capital do empreendedorismo.

 

BE. José Manuel Pureza

Com 60 anos, José Manuel Pureza é deputado, vice-presidente da Assembleia da República e dirigente do BE, e também é conhecido por ser um católico praticante de esquerda. Representando sempre o círculo eleitoral de Coimbra, o bloquista foi eleito deputado pela primeira vez no Governo de Sócrates e só voltou ao Parlamento na atual legislatura, considerando que nas legislativas de 2011 não foi eleito. José Manuel Pureza foi ainda mandatário nacional da candidatura de Francisco Louçã nas eleições presidenciais de 2006. Licenciado em Direito e doutorado em Sociologia, o vice-presidente do hemiciclo é professor universitário de Relações Internacionais e investigador na Universidade de Coimbra. Nesta legislatura destaca-se o seu trabalho como coordenador da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias e a sua participação no debate sobre a despenalização da morte assistida.

 

CDU. Manuel Pires da Rocha

A CDU volta a escolher Manuel Pires da Rocha como cabeça-de-lista em Coimbra. O professor de violino tem sido, pelo menos desde 2009, o candidato número um da lista desenhada pelo PCP e pelos Verdes. Aos 57 anos, Manuel Pires da Rocha é diplomado em Violino pelo Instituto Gnessin, em Moscovo, curso que concluiu em 1988. Foi um dos membros das comissões para a reforma do ensino artístico especializado. Foi presidente dos conservatórios de Música de Coimbra e de Loulé, músico da Brigada Victor Jara e dirigente do Sindicato dos Professores da Região Centro, afeto à Fenprof. É membro da comissão concelhia de Coimbra do PCP e membro da Assembleia de Freguesia de Santo António dos Olivais. Participou em vários trabalhos ligados à música e foi autor do documentário seriado Povo Que Canta – Passo Segundo, para a RTP.

 

PAN. Sandra do Carmo

Sandra do Carmo, professora universitária de 50 anos, foi a escolha do Pessoas-Animais-
-Natureza para liderar a lista de candidatos pelo distrito de Coimbra. Nasceu em Angola, vive em Coimbra e está a frequentar o doutoramento em Direito e Ética Animal na Universidade de Coimbra. Participou em várias conferências e pós-graduações de direito dos animais na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Está também envolvida em colaborações com a Empty Cages, uma associação portuguesa e espanhola de direito dos animais, e colaborou com artigos para o jornal Os Bichos. A candidata começou a militar no PAN há cinco anos e ocupa o seu tempo livre sobretudo com leitura, fazendo parte do Clube de Leitura Teatral de Coimbra.

 

Cabeças-de-lista dos partidos sem assento parlamentar

Aliança

João Moura Navega

PCT/MRPP

Rui Lourenço da Cruz

Chega

João Pacheco de Amorim

MPT

Rui de Campos

Iniciativa Liberal

Catarina Isabel Maia

Partido Democrático Republicano (PDR)

Susana de Almeida

Juntos pelo Povo (JPP)

Paulo Delgado

PNR

Pedro da Costa Marques

Livre

Rui Cristino Mamede

PPM

Cabral Oliveira

Movimento Alternativa Socialistas (MAS)

Sílvia Marques

Partido Trabalhista Português (PTP)

Ana Luísa Cortes

Nós, Cidadãos

Miguel Castilho Dores

Partido Unidos dos Reformados e Pensionistas (PURP)

Izabel Cunha Rocha

Reagir Incluir Reciclar (R.I.R.)

Nuno Domingos Pedreiro

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×