17/05/2022
 
 
Quartin Graça é o novo presidente da Causa Real

Quartin Graça é o novo presidente da Causa Real

DR José Miguel Pires 16/03/2022 09:05

O XXVI Congresso Monárquico da Causa Real decorreu em Évora, onde estiveram presentes 130 delegados e observadores.

Pedro Quartin Graça foi eleito, no XXVI Congresso Monárquico da Causa Real, presidente desta associação, com 70% dos votos. A reunião juntou, no passado fim de semana, na Universidade de Évora, cerca de 130 delegados e observadores em representação da Reais Associações do continente e das regiões autónomas dos Açores e da Madeira, bem como da Juventude Monárquica Portuguesa.

O encontro magno destes representantes monárquicos - que contou com a presença do Duque de Bragança, D. Duarte Pio, na sua sessão de encerramento - serviu de pano de fundo para a eleição dos novos órgãos sociais da Causa Real para um mandato de três anos.

Na corrida estiveram frente a frente duas listas, acabando por vencer a lista representada por Pedro Quartin Graça, deputado entre 2005 e 2009, eleito nas listas do PSD ao abrigo do acordo de incidência política e parlamentar assinado com o MPT, na altura sob a liderança de Pedro Santana Lopes.

A moção “Monarquia é Liberdade”, defendida pela lista de Quartin Graça, obteve 70% dos votos. Assim, acabaram por ser eleitos os novos titulares dos órgãos sociais da Causa Real, sucedendo Pedro Quartin Graça a Teresa Côrte-Real como presidente da direção. José Aníbal Marinho, da Real Associação de Viana do Castelo e José Lobão, anterior Secretário-Geral, foram também eleitos, respetivamente, como vice-presidente e secretário-geral. 

Resultante destas eleições foi ainda eleito o antigo ministro Pedro Mota Soares como o novo presidente da mesa do congresso, bem como Joaquim Costa e Nora, que presidirá ao conselho de jurisdição nacional, e Sérgio Rau Silva, que encabeça o conselho fiscal do movimento.

A Causa Real, explica em comunicado, que é “uma associação que tem por objetivo a defesa do ideal monárquico, da instituição real e da restauração da Monarquia em Portugal”. “Foi fundada como Causa Real a 18 de dezembro de 1993 e antes, como Causa Monárquica, a 5 de outubro de 1911”, explica ainda esta instituição, que se divide em várias Reais Associações espalhadas por todo o país.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline