14/6/21
 
 
Gondomar. Sem-abrigo violou mulher que o retirou da rua e que o acolheu em casa

Gondomar. Sem-abrigo violou mulher que o retirou da rua e que o acolheu em casa

Jornal i 10/05/2021 14:14

Vítima ficou infetada com doença sexualmente transmissível que agressor manteve oculta.

Um homem sem-abrigo forçou a mulher que o tinha ajudado a sair da rua a relações sexuais e infetou-a com uma doença sexualmente transmissível.

O agressor, de 55 anos, com antecedentes criminais de violência doméstica, foi detido em Gondomar e, no final da semana passada, ficou em prisão preventiva.

Um passado complicado e agressivo, uma vida na rua e um historial de alcoolismo não afastou uma mulher, de 46 anos, de acolher, em dezembro passado, um sem-abrigo, que tinha conhecido no ano anterior, em sua casa, onde vivia com mais três filhas, e de ter iniciado com ele uma relação amorosa, avança o Jornal de Notícias.

Ao princípio tudo parecia estar a correr normalmente, mas depois registaram-se vários episódios de violência, primeiro insultos, depois agressões físicas e então relações sexuais forçadas. A mulher acabou por contrair uma doença sexualmente transmissível, de que o homem sofria mas que nunca revelou, segundo a mesma publicação.

Na sequência do agravamento de toda a situação, a mulher expulsou o homem de casa, que voltou à rua e que na semana passada tentou reatar a relação, sem sucesso.

Irritado perante a intransigência da mulher em deixá-lo voltar, arrombou a porta da habitação e destruiu vários objetos que lá se encontravam. A mulher alertou as autoridades e o homem acabou por ser detido e depois de interrogado foi submetido à medida de coação mais gravosa: prisão preventiva.

Ler Mais


Especiais em Destaque

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×