13/4/21
 
 
Ministros da Jordânia forçados a demitirem-se por violarem regras sanitárias

Ministros da Jordânia forçados a demitirem-se por violarem regras sanitárias

Jornal i 28/02/2021 17:05

Devido a um aumento das infeções, a Jordânia voltou, esta semana, a proibir a população de sair de casa às sextas-feiras, dia feriado e sagrado para os muçulmanos.

Os ministros da Justiça e da Administração Interna da Jordânia foram hoje forçados à demissão por terem violado as regras sanitárias em vigor para combater a epidemia de covid-19 no país.

 

Segundo um comunicado do palácio real da Jordânia, a sanção foi decidida pelo primeiro-ministro, Bicher al-Khassawneh, e aprovada pelo rei Abdallah II.

O site de informação jordano Ammon noticia que os ministros da Administração Interna, Samir Mobaidine, e da Justiça, Bassam Talhuni, participaram num jantar num restaurante da capital, no qual nove convidados partilharam a refeição, quando a lei apenas autoriza a reunião de seis pessoas, no máximo.

Segundo fonte governamental citada pela agência AFP, os dois governantes foram acusados de violar o estado de emergência.

Devido a um aumento das infeções, a Jordânia voltou, esta semana, a proibir a população de sair de casa às sextas-feiras, dia feriado e sagrado para os muçulmanos.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×