20/8/19
 
 
Doping. FC Porto sem reação a contra-ataque do Benfica

Doping. FC Porto sem reação a contra-ataque do Benfica

Laura Ramires 20/02/2019 11:50

Encarnados pedem controlo antidoping para os jogos das águias e do FC Porto. Dragão ainda não respondeu ao “desafio” lançado pelo rival, afirmando apenas que, para já, “não há comentários”

Depois da vitória clara em Vila das Aves (3-0), o Benfica pediu à Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP) para que proceda a controlos antidoping em todos os jogos das águias e do FC Porto. O “desafio” dos encarnados pretende garantir a “maior transparência possível” na prova, esclarece o comunicado lançado na newsletter diária “News Benfica”.

“O Benfica reafirma que, no sentido de podermos contar com a maior transparência possível, seria recomendável que, daqui até ao final do campeonato, a ADOP pudesse realizar controlo antidoping antes e depois de todos os jogos em que participassem o Benfica e o FC Porto. Fica feito o apelo e o desafio”, pode ler-se.

O apelo do Benfica surge em jeito de contra-ataque ao FC Porto, depois dos comentários feitos por Aníbal Pinto no programa ‘Pé em Riste’, da CMTV.

Na análise ao jogo entre o Desp. Aves e os encarnados, o advogado mostrou-se surpreendido com a intensidade de jogo do Benfica de Bruno Lage e recomendou que fossem feitos os devidos testes antidoping.

“Tenho visto os jogadores a correr e espero que se façam os testes antidoping, que são normais e imperativos. Eu acho que da forma que o Benfica tem corrido não ficava nada mal fazer um teste antidoping. Quem não deve não teme. Qual é o critério do antidoping? Quando há uma equipa que está, aparentemente, com esta potência tudo recomenda que se faz testes antidoping”, declarou o comentador.

Ainda durante o programa transmitido pelo canal de televisão do grupo Cofina, fonte oficial dos encarnados adiantou que as águias iriam exigir um controlo antidoping a todos os jogadores dos encarnados e do FC Porto, antes e depois de todos os jogos, até ao final da temporada, posição que foi entretanto oficializada durante o dia de ontem.

Além disso, o Benfica informou que irá avançar com um processo-crime contra o comentador e advogado Aníbal Pinto.

 

“Mais um ator do crime organizado”

Depois de André Ventura, comentador afeto ao Benfica, ter considerado as palavras de Aníbal Pinto “miseráveis”, foi a vez de César Boaventura reagir às declarações deste advogado.

Através das redes sociais, o empresário mostrou-se indignado e acusou Aníbal Pinto de ser “mais um ator do crime organizado”. Mais: Boaventura falou ainda do lesionado Marega, que, segundo ele, se encontra em processo de recuperação no Dubai, processo esse que é feito com substâncias que dão positivo nos testes antidoping – como é o caso do Meldonium, que desde 2016 foi incluído na lista de produtos proibidos pela Agência Mundial Antidopagem.

“Qual o motivo de não falar no Marega? Depois disto eu deixo aqui um aviso e vou cumprir com a minha palavra. O Marega foi ao Dubai ser tratado pelo Fisioterapeuta da equipa do Vítor Pereira, que consegue recuperar atletas de uma rotura muscular em quinze dias, através do medicamento infiltrado Meldonium. Quando o atleta recomeçar a jogar, à custa destas beduínas declarações produzidas por este crápula serei eu a apresentar queixa por meios legais. É mais um ator do crime organizado este incendiário”, pode ler-se na publicação feita na sua página do Facebook.

Recorde-se que o avançado maliano saiu lesionado da partida frente ao V. Guimarães (0-0) com uma rotura muscular na coxa esquerda, no início deste mês.
O FC Porto ainda não respondeu ao “desafio” lançado pelo rival, afirmando apenas que, para já, “não há comentários”.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×