10/4/20
 
 
Cristiano Ronaldo alega que pagou a Mayorga pressionado pelo Real

Cristiano Ronaldo alega que pagou a Mayorga pressionado pelo Real

AFP Jornal i 10/10/2018 10:59

Português alega que após saírem do quarto de hotel voltaram juntos para a discoteca

A defesa do jogador prepara-se para desmontar a acusação da norte-americana, a estratégia terá sido acertada na terça-feira numa reunião secreta. Os advogados alegam que Kathryn Mayorga montou uma armadilha a Ronaldo, para lhe extorquir dinheiro.

A estratégia que será posta em prática em breve tem como um dos argumentos a alegação de que Cristiano Ronaldo foi pressionado pelo Real Madrid, com quem tinha acabado de assinar contrato, para assinar o acordo de confidencialidade e pagar à norte-americana, avançou o Correio da Manhã, que cita fonte próxima do processo.

Recorde-se que Cristiano Ronaldo tinha acabado de assinar um contrato milionário com o Real Madrid e o clube estava preocupado com a imagem. Aliás, os dirigentes madridistas não gostaram de que o português estivesse tanto no centro das atenções dos media internacionais, durante aquelas férias nos EUA, onde até foi fotografado com Paris Hilton.

Nos meses que se seguiram às famosas férias, os advogados Real e do jogador reuniram-se várias vezes para chegar a acordo acerca da melhor forma de responder ao caso que envolvia Ronaldo e  Mayorga.

Assim, segundo o Correio da Manhã, o acordo acabou por ser finalizado em janeiro de 2010, meses depois da alegada violação, contra vontade de Ronaldo, que sempre se recusou a pagar por estar inocente.

Aliás o português diz, ao contrário do que alega Mayorga, que depois de terem tido relações sexuais no quarto de hotel, voltaram ambos para a discoteca onde antes tinham estado a dançar.

Sublinhe-se que na versão da norte-americana, ela ter-se-á ido embora do quarto do The Palms, logo após a alegada violação.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×