17/04/2024
 
 
Ataque a hospital ucraniano é "grave violação do direito humanitário"

Ataque a hospital ucraniano é "grave violação do direito humanitário"

AFP Redação 01/08/2023 19:02

Segundo uma organização da ONU, neste ataque morreram seis profissionais de saúde e acusam a Rússia de ter cometido uma "grave violação do direito humanitário internacional".

A Agência da ONU para Coordenação dos Assuntos Humanitários (OCHA) denunciou um novo ataque russo que teve como alvo um hospital em Kherson, na Ucrânia.

Segundo a organização, neste ataque morreram seis profissionais de saúde e acusam a Rússia de ter cometido uma "grave violação do direito humanitário internacional".

"O ataque inaceitável que danificou hoje um hospital em Kherson é apenas mais um exemplo das terríveis consequências da invasão da Rússia para civis na Ucrânia. Nem mesmo aqueles que prestam serviços vitais a pessoas cujas vidas foram dilaceradas pela guerra estão a ser poupados", pode ler-se num comunicado publicado pela OCHA.

Este ataque russo fez várias vítimas mortais, um médico e cinco outros profissionais de Saúde, e destruiu quase totalmente o hospital.

A organização recorda que, desde o início da invasão russa, a OMS já registou mais de mil ataques a serviços de saúde na Ucrânia, o que representa mais de 60% de todos os ataques contra assistência médica em todo o mundo.

"Isto tem um impacto imediato na capacidade das pessoas em aceder a serviços essenciais de saúde, no momento em que mais precisam deles. Em algumas partes do leste e sul da Ucrânia, incluindo Kherson, os serviços foram dizimados, já que nem metade dos hospitais ou clínicas permanecem em funcionamento", alerta a OCHA.

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline