06/02/2023
 
 
Soldado russo morto depois de desertar de base militar

Soldado russo morto depois de desertar de base militar

Telegram Jornal i 18/01/2023 16:06

O militar recusou render-se e abriu fogo, tendo sido "morto como consequência".

Um soldado russo foi abatido a tiro depois de ter desertado de uma base militar em Lipetsky, na Rússia. 

A informação foi avançada, esta quarta-feira, pela agência de notícias russa TASS, que cita o governo regional. 

“Dmitry Perov, que estava numa lista de procurados por abandonar a sua unidade militar sem autorização, foi encontrado e eliminado. A situação está sob controlo das forças de segurança”, anunciou o governo de Lipetsk, sublinhando que "não há qualquer ameaça aos residentes" e que "estão em curso medidas de investigação”.

Segundo declarações de fontes oficias à TASS, as forças de segurança estariam à espera que o soldado chegasse à aldeia de Novouglyanka. 

De acordo com a publicação "Vesti Voronezh", da cidade com o nome homónimo, o soldado recusou render-se e abriu fogo, tendo sido "morto como consequência", lê-se no Telegram.

No final de setembro, Vladimir Putin promulgou uma lei que prevê uma pena de até 10 anos para quem desertar durante o período de mobilização ou de guerra.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline