28/09/2022
 
 
Morreu aos 51 anos a professora Carla Nunes

Morreu aos 51 anos a professora Carla Nunes

Reprodução Jornal i 15/09/2022 18:34

Presidente da República deixou nota de pesar, descrevendo a professora como uma "brilhante matemática e catedrática em estatística, que tão valioso contributo deu na luta contra a pandemia de covid-19 em Portugal".

Morreu esta quinta-feias, aos 51 anos, Carla Nunes, diretora da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade NOVA de Lisboa (ENSP-UNL). 

Marcelo Rebelo de Sousa já publicou uma nota de pesar, descrevendo Carla Nunes como uma "brilhante matemática e catedrática em estatística, que tão valioso contributo deu na luta contra a pandemia de covid-19 em Portugal".

Em março do ano passado, a professora foi condecorada com a Ordem do Mérito, tendo sido das principais especialistas a aconselhas as entidas públicas e políticas nos últimos dois anos. 

"À sua família, amigos, colegas e alunos apresenta a sua solidariedade e as mais sentidas condolências", escreveu o Presidente da República. 

A ENSP-UNL, que Carla Nunes dirigiu entre 2019 e 2021, decretou dois dias de luto pela professora de "características humanas extraordinárias", que "contribuiu generosamente para a formação de muitos alunos e investigadores, para o desenvolvimento da investigação e para a criação de laços afetivos na comunidade ENSP-NOVA", lia-se em comunicado. 

O velório será realizado esta sexta-feira, a partir das 18h00, na Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Assunção de Almada, estando a missa do funeral marcada para as 13h30 do dia seguinte, seguindo-se, às 14h00 o cortejo fúnero com destino ao Cemitério de Vale Flores, no Feijó, onde será feita a cremação às 14h30.

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline