02/12/2022
 
 
Gomes Cravinho: José Eduardo dos Santos "mostrou liderança extraordinária em momentos decisivos para Angola"

Gomes Cravinho: José Eduardo dos Santos "mostrou liderança extraordinária em momentos decisivos para Angola"

AFP Jornal i 28/08/2022 13:08

Cerimónias fúnebres do ex-presidente angolano terminam hoje, data em que completaria 80 anos, com um funeral de Estado na presença de vários Presidentes, incluindo Marcelo Rebelo de Sousa. 

João Gomes Cravinho, ministro dos Negócios Estrangeiros (MNE), enalteceu este domingo o papel de José Eduardo dos Santos, ex-presidente de Angola, frisando que soube construir proximidade com Portugal e que o país "lhe deve muito". 

“(José Eduardo dos Santos) soube estabelecer com todos os Presidentes da República portugueses eleitos em democracia, devido à longevidade da sua carreira, relações que propiciaram a proximidade entre os nossos povos e nesse sentido também Portugal lhe deve muito”, afirmou Cravinho, à chegada à Praça da República, onde decorrem as exéquias, em Luanda.

Note-se que as cerimónias fúnebres do ex-presidente angolano terminam hoje, data em que completaria 80 anos, com um funeral de Estado na presença de vários Presidentes, incluindo Marcelo Rebelo de Sousa. 

Assim, para o chefe da diplomacia portuguesa, esta “é a homenagem que Angola e o mundo devem” a José Eduardo dos Santos, que foi Presidente durante 38 anos “em tempos difíceis e complexos”.

Por fim, deixou claro: “Mostrou liderança extraordinária em momentos decisivos para Angola e o continente africano e naturalmente Portugal não podia deixar de estar presente ao mais alto nível”, comentou João Gomes Cravinho.

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline