13/04/2024
 
 
Monkeypox. Governo afasta razões para alarmismos

Monkeypox. Governo afasta razões para alarmismos

Pool/Lusa Jornal i 27/05/2022 10:36

Portugal tem 58 casos confirmados.

Todos os casos de infeção humana pelo vírus Monkeypox confirmados em Portugal estão “estáveis” e “não há razões para alarmismos”, garantiu António Lacerda Sales, secretário de Estado Adjunto e da Saúde, em declarações aos jornalistas.

Lacerda Sales confirmou as informações veiculadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS), que dava conta de pelo menos 58 casos confirmados de Monkeypox em Portugal, apesar de restarem “mais amostras” por “analisar”. “O INSA continua em tempo real a fazer a sequenciação, a fazer a monitorização e avaliação e, o que sabemos, é que estes doentes estão estáveis”, disse, sublinhando tratar-se de uma doença cuja origem ainda se desconhece.

 “Não há razões para alarmismos, todos os casos estão a ser monitorizados, estão estáveis, a doença é uma doença autolimitada, tem de se esperar o tempo de cura dos próprios sintomas”, assegurou Lacerda Sales, relembrando que estes doentes se devem autoisolar até que “toda a sintomatologia desapareça”. Indicações replicadas pela DGS, que recomenda àqueles que apresentem sintomas que procurem aconselhamento clínico.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline