18/05/2022
 
 
Advogado de José António dos Santos prevê "dia longo" no tribunal enquanto Vieira é ouvido

Advogado de José António dos Santos prevê "dia longo" no tribunal enquanto Vieira é ouvido

José Santos Jornal i 10/07/2021 12:27

Caso a audição a Luís Filipe Vieira termine antes da hora do almoço, "é provável que, no início da tarde, o Ministério Público (MP) faça a promoção das medidas coativas", aponta Castanheira das Neves.

O interrogatório de Luís Filipe Vieira “começou à hora estipulada” e ainda está a decorrer no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), disse, este sábado, o advogado de José António dos Santos, Castanheira das Neves, ao indicar que “o dia será longo”.

O representante do empresário, conhecido por Rei dos Frangos, admitiu que se a audição do presidente do Benfica – que suspendeu as funções ontem – terminar antes da hora do almoço, "é provável que, no início da tarde, o Ministério Público (MP) faça a promoção das medidas coativas", seguindo-se pelo momento no qual os advogados dos arguidos "podem pronunciar-se sobre a promoção do MP", durante um tempo indeterminado.

"Vai depender da promoção do MP. Depois, temos de aguardar que o senhor juiz escreva a decisão e a anuncie", informou, ao explicar que "a idade é um dos fatores que o tribunal pode e deve tomar em consideração, na apreciação das medidas coativas". Note-se que José António dos Santos tem 80 anos.

Os quatro detidos – Luís Filipe Vieira, José António dos Santos, o empresário de futebol Bruno Macedo e Tiago Vieira, filho do presidente do Benfica suspenso – chegaram ao TCIC às 09h03 deste sábado, após pernoitarem pela terceira vez consecutiva nas instalações do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa, em Moscavide.

Recorde-se que, de acordo com o Departamento Central de Investigação e Ação Penal, estão em causa factos suscetíveis de configurar "crimes de abuso de confiança, burla qualificada, falsificação, fraude fiscal e branqueamento de capitais".

A operação está a ser coordenada pelo procurador da República Rosário Teixeira, pelo coordenador da delegação de Braga da IT, Paulo Silva, e pelo juiz Carlos Alexandre, o trio que há quase sete anos deteve o ex-primeiro ministro José Sócrates por suspeitas de corrupção passiva, evasão fiscal e branqueamento de capitais, no âmbito da Operação Marquês.

Nesta sexta-feira, Rui Costa assumiu presidência do Sport Lisboa e Benfica “com efeitos imediatos”. A decisão foi tomada numa reunião de emergência da direção, depois de Luís Filipe Vieira suspender as suas funções no clube da Luz na manhã de ontem.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline