28/2/21
 
 
Homens ou mulheres, quem é mais generoso no dia dos namorados?

Homens ou mulheres, quem é mais generoso no dia dos namorados?

Jornal i 12/02/2021 16:26

Os homens gastam mais dinheiro em presentes para assinalar o Dia dos Namorados do que as mulheres. A maioria opta por oferecer um jantar fora, mas as mulheres preferem receber comida ao domicílio. 

O Dia dos Namorados, que se celebra a 14 de fevereiro, está a chegar. Cerca de 80% dos portugueses afirma celebrar a data e menos 2% (78%) vai oferecer um presente à sua cara metade. Segundo um estudo da Picodi.com, os homens são os mais "generosos" e gastam, em média, mais 30€ do que as mulheres.

A Picodi realizou um inquérito online durante o mês de janeiro e analisou à lupa as expectativas (e as realidades) dos casais no que toca aos presentes e celebrações deste Dia dos Namorados em confinamento. No total, participaram cerca de 11 mil pessoas de 38 países, onde o dia é assinalado. Por cá, cada um gasta, em média, 50€ em presentes, sendo que o sexo masculino é aquele que mais gasta: os homens reservam cerca de 71€ para a data e as mulheres 40€.

Mas onde irão os homens gastar os 70€? Para as prendas deste ano, grande parte dos homens (20%) queria oferecer um jantar fora – tal já não será possível devido às regras sanitárias para combater a pandemia de covid-19 –, 13% vão comprar flores, 11% doces, 10% comida ao domicílio e outros 10% afirmam que vão oferecer um perfume.

Já as mulheres afirmam que vão gastar o seu dinheiro a encomendar comida ao domicílio (19%), em presentes feitos à mão (14%), em doces (12%), 11% dizia querer ir comer fora e 9% quer fazer uma escapadinha romântica.

E o que esperam os portugueses receber? Segundo os homens, a opção mais esperada era jantar fora (39%), seguida de comida ao domicílio (28%), artigos eletrónicos (16%), cinema ou concertos (13%) ou um fim-de-semana fora da cidade (13). De acordo com as mulheres, as refeições também lideram a lista de expectativas: 42% diz esperar receber comida ao domicílio e 38% jantar fora. Seguem-se as escapainhas (30%), os vouchers (30%) e as flores (27%).

O inquérito questionou também as piores prendas que uma pessoa pode receber. Um quarto das mulheres (25%) não gostaria de receber equipamentos desportivos, segue-se o dinheiro (24%), álcool (23%), jogos de tabuleiro (23%) e os ursos de peluche (19%). Nos homens, os ursos de peluche e as flores lideram a lista, ambos apontados por 18% dos inquiridos. Seguem-se os jogos de tabuleiro (16%), álcool (13%) e a roupa (12%).

Portugal ocupa o 17.º na lista de países que mais gastam dinheiro em prendas românticas. O "top 5" é composto por Hong Kong (102€), Reino Unido (96€), Irlanda (92€), Estados Unidos da América (87€) e Itália (84€).

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×