23/1/20
 
 
Vítor Rainho 06/12/2019
Vítor Rainho

vitor.rainho@newsplex.pt

Rui Rio não tem medo da maçonaria

Rui Rio sabe que vai ficar com muito mais inimigos, mas não é isso que o faz recuar. E, aí, tiro-lhe o chapéu. 

Rui Rio é um homem autoritário que sonha, bem no fundo, em controlar a justiça e a comunicação social. Convive mal com a crítica, tem tiques autoritários preocupantes, mas ninguém pode dizer que não é um homem corajoso. Demonstrou-o à frente da Câmara do Porto, fazendo frente a Pinto da Costa, e revela agora a mesma frontalidade ao falar nos interesses obscuros no seu partido, que está minado por maçons. Não é que seja crime fazer parte da maçonaria, mas quem pertence a organizações secretas lá sabe porque tem essa necessidade. Logo, ao afrontar esses poderes, Rui Rio sabe que vai ficar com muito mais inimigos, mas não é isso que o faz recuar. E, aí, tiro-lhe o chapéu. Também é certo que no seu círculo mais próximo não faltam caciques que se movem em mundos de interesses secretos mas, na política, onde é que eles não estão? Muitos querem esconder que um dos grandes problemas deste país é a corrupção e o compadrio, movendo negócios de milhares ou de milhões de euros. O poder autárquico, que Costa quer alargar, continua a ser um manjar dos deuses para muito boa gente. Os negócios de construção, de legalização de terrenos, entre muitos outros, dão de comer a muitas famílias. E não se percebe como não há coragem para permitir que toda a vida camarária e governamental seja totalmente transparente no que aos negócios e autorizações diz respeito. Para quem tem dúvidas da corrupção que corrói o país, vejam-se os casos que estão nas mãos da justiça e facilmente se percebe isso. Só não vê quem não quer. Quantos médicos, funcionários escolares, polícias, entre tantas outras profissões, não podiam ser contratados se a corrupção fosse um pouco mais comedida no nosso país? Voltando ao ataque de Rui Rio à maçonaria, é curioso que aqueles que o líder do PSD ataca digam que foram lá espreitar mas não gostaram do que viram. Extraordinário. Esperemos é que nenhum irmão irritado venha denunciar toda a história. Aí, vão os aventais pelo ar. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×