11/12/19
 
 
'Ecocídio' é o novo pecado proposto pela Igreja Católica

'Ecocídio' é o novo pecado proposto pela Igreja Católica

AFP Jornal i 15/11/2019 17:02

Em outubro, o Sínodo dos Bispos sobre a Amazónia já propunha que se definisse um pecado ecológico como uma ação contra Deus, a comunidade e o meio ambiente.

O Papa Francisco anunciou, esta sexta-feira, que a Igreja Católica está a planear introduzir o conceito de “pecado ecológico”, já que os comportamentos que prejudiquem o meio ambiente são contra o planeta onde vivemos, a que o papa chama de “casa comum”.

Francisco afirmou, no XX Congresso Internacional da Associação de Direito Penal, realizada em Roma, que alguns comportamentos que prejudiquem o planeta, “dos quais as empresas são geralmente responsáveis”, não podem ficar impunes.

O ecocídio será caracterizado por ações como “a poluição maciça do ar, da terra e dos recursos hídricos, a destruição em grande escala da flora e da fauna e qualquer ação capaz de produzir um desastre ecológico ou destruir um ecossistema".

Após o anúncio da proposta de um novo pecado, mortal, a pelo menos, longo prazo, o papa Francisco deixou um alerta a “todos os líderes e representantes do setor”, apelando a que contribuam para garantir a proteção “adequada da nossa casa comum”.

A ideia não é nova, já que em outubro deste ano, o Sínodo dos Bispos contra a Amazónia já propunha que se definisse um pecado ecológico como uma ação contra Deus, a comunidade e o meio ambiente.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×