15/11/19
 
 
Novo Governo. Chega diz que “é uma vergonha”

Novo Governo. Chega diz que “é uma vergonha”

Miguel Silva jornal i 16/10/2019 09:08

André Ventura avança que o Chega “manifesta também enorme estupefação pela manutenção da ministra Marta Temido e do ministro Eduardo Cabrita nos respetivos cargos”. 

Depois de ser conhecida a constituição do novo Governo, o deputado André Ventura, do Chega, reagiu. Em comunicado, o deputado recém-eleito refere que é com “estranheza e consternação” que o partido vê a apresentação do Governo “com o maior número de ministros desde 1976”.André Ventura garante ainda que “é uma vergonha para o erário público e para o esforço dos portugueses”.

No comunicado, o deputado avança que o Chega “manifesta também enorme estupefação pela manutenção da ministra Marta Temido e do ministro Eduardo Cabrita nos respetivos cargos”. E justifica a posição. “Quanto à saúde, é público e notório o estado em que se encontra, com carência de medicamentos para doenças extremamente relevantes”, critica André Ventura.As críticas estendem-se também à área da administração interna, com o deputado a dizer que “o caso das golas inflamáveis deveria ter sido mais do que suficiente para renovar toda a equipa. É um péssimo começo para o Governo socialista”, defende.

Recorde-se que as críticas à renomeação de Marta Temido se estenderam também à Ordem dos Médicos, com Miguel Guimarães, bastonário, a avançar que António Costa não soube “aproveitar a nova oportunidade que os portugueses lhe deram”.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×