20/1/20
 
 

Europa. Os 21 candidatos europeus

02/10/2019 16:10

 

PS. Paulo Pisco

O ex-jornalista Paulo Pisco volta a ser o cabeça-de-lista pelo PS ao círculo eleitoral da Europa. Eleito deputado por este círculo desde 2009 é coordenador dos deputados do PS na Comissão dos Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas assumiu também recentemente na área das migrações no âmbito da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa. Em 2002, ano em que o antigo Presidente Jorge Sampaio ficou fora das listas de candidatos. Em 2009, quando José Sócrates ganhou as segundas eleições, regressou às listas e desde então não deixou de ser candidato. Antes de ter sido eleito deputado pela primeira vez já trabalhava para o partido, em Bruxelas. Nasceu em Queluz, há 58 anos, e vive na capital belga. É licenciado em Filosofia e tem uma Pós-Graduação em Estudos Europeus pela Universidade Livre, em Bruxelas.

PSD. Carlos Gonçalves

O PSD voltou a apostar em Carlos Alberto Gonçalves para liderar a lista de candidatos pelo círculo da Europa. Nasceu há 57 anos em Paris onde vive e estudou. É técnico superior dos quadros da ação externa do Ministério dos Negócios Estrangeiros, funcionário do Consulado Geral de Portugal em Paris e é militante da seção do PSD de Paris. Foi eleito deputado pela primeira vez desde 2005 e antes, em 2004, foi secretário de Estado das Comunidades Portuguesas do Governo de Pedro Santana Lopes. Tem uma licenciatura em Geografia e uma pós-graduação Pluridisciplinar em Geografia, Sociologia e Agronomia pela Universidade de Paris X. É membro da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, presidente do grupo parlamentar de Amizade Portugal-França, membro da Assembleia Parlamentar Euro-Mediterrânica, e vice-presidente da Comissão de Negócios Estrangeiros e das Comunidades Portuguesas.      

CDS. Melissa Fernandes

O CDS apostou este ano em Melissa da Silva Fernandes como cabeça-de-lista pelo círculo da Europa. A candidata substitui o ex-professor de português Isaías Afonso, que é mandatário da candidatura de Melissa Fernandes. Já antes, às eleições europeias, melissa da Silva Fernandes tinha feito parta da lista de candidatos do CDS, ocupando o último lugar (21.º) do elenco de candidatos centristas. A candidata tem 28 anos, nasceu e vive em Paris e é filha de emigrantes em França, oriundos de Viana do Castelo. Sem qualquer experiência política, Melissa Fernandes tem um Mestrado de Marketing, Comunicação e Relações Públicas e chegou a trabalhar como jornalista. Diz que se desloca com frequência a Portugal, onde passa as férias. Tem como objetivo promover a língua portuguesa e defender os valores e os interesses dos portugueses e dos lusodescendentes que residem fora de Portugal.

BE. Tiago Pinheiro

Este ano, o Bloco de Esquerda apostou em Tiago Pinheiro para encabeçar a lista de candidatos do círculo da Europa. Tiago Pinheiro tem 36 anos, nasceu em Lisboa e vive há cinco anos em Londres. Antes de emigrar para o Reino Unido, em 2013, nas autárquicas, foi candidato pelo BE à Câmara Municipal do Montijo, onde vivia. É licenciado em Enfermagem com especialização em Cuidados Críticos. Antes de emigrar trabalhou na Linha de Saúde 24 e no Hospital Amadora-Sintra. Em Londres, trabalha no hospital privado “London Clinic” e diz que está a preparar o regresso a Portugal, numa altura em que se discute o Brexit. É militante do Bloco de Esquerda desde 2009 sendo membro da direção do núcleo do BE da Europa e integrou a coordenação nacional de trabalho.   

CDU. Rita Rato

A escolha de Rita Rato para encabeçar a lista de candidatos pela CDU no círculo da Europa, foi uma das surpresas da coligação. Até ao momento, a CDU nunca elegeu qualquer deputado pelo círculo da Europa. Rita Rato é militante do PCP desde 2001 e membro da Direção Regional de Lisboa do partido. Tem 36 anos, nasceu em Estremoz e vive em Lisboa. Foi eleita deputada pela primeira vez em 2009 e sempre pelo círculo eleitoral de Lisboa. Entre 2005 e 2009 foi eleita na Assembleia Municipal de Estremoz. É licenciada em Ciência Política e Relações Internacionais pela Universidade Nova de Lisboa e, entre 2001 e 2006, foi atleta federada de futsal. No partido, fez ainda parte da Direção do Conselho Português para a Paz e Cooperação e do Conselho Nacional de Juventude em representação da JCP. Integrou também a Direção Nacional e a Comissão Política da JCP.

PAN. Gonçalo Gomes

O Pessoas-Animais-Natureza volta a apostar em Gonçalo Galvão Gomes como cabeça-de-lista pela Europa. O candidato nasceu em Lisboa e emigrou para Berlim há pouco mais de quatro anos, quando tinha 29 anos. É membro do PAN há cerca de nove anos tendo sido subscritor para a criação do partido. É vegetariano há quase dez anos e assume-se como ambientalista e animalista. Quando emigrou levou duas gatas. Quando chegou a Berlim começou por trabalhar nas limpezas e hoje tem um cargo no setor da banca e antes de partir para Berlim trabalhava como gestor numa das maiores empresas de retalho de Portugal. Nos últimos anos, envolveu-se em atividades ligadas à ação social, sobretudo no apoio e integração de refugiados. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×