20/8/19
 
 
MP manda PSP trazer corpo de volta para a morgue durante velório

MP manda PSP trazer corpo de volta para a morgue durante velório

Jornal i 01/06/2019 12:49

Morte foi considerada suícidio e corpo não foi autopsiado, mas informações da irmã levantaram suspeitas e foram pedidos mais exames.

O Ministério Público mandou recolher o corpo de uma mulher, quando este já estava a ser velado por familiares e amigos, uma hora antes do funeral, segundo o Correio da Manhã.

O caso aconteceu na casa mortuária do Cartaxo, na quinta-feira, durante o velório de Jaqueline Torcato, 43 anos, que tinha sido encontrada sem vida na terça-feira, tendo a sua morte sido considerada um suícidio.

No entanto, dois dias depois, o MP quis que o corpo da mulher voltasse para a morgue no hospital de Santarém. A PSP do Cartaxo entrou na casa mortuária por volta das 15h e solicitou ao agente funerário que fechasse o caixão e transportasse o corpo de volta.

Em causa estaria o facto de o corpo de Jaqueline Torcato, cujo funeral estava marcado para as 16h, não ter sido submetido a uma autópsia.

Fonte da PSP, citada pelo Correio da Manhã, referiu que o MP ordenou a recolha do corpo para a realização de "mais exames complementares".

O mesmo jornal avança que estes novos exames teriam sido motivados por informações dadas por uma irmã da mulher ao MP, já depois de o corpo ter sido entregue à família.

Esta sexta-feira, um dia após o regresso do corpo à mnorgue, a família pode realizar o funeral no cemitério do Cartaxo.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×