29/3/20
 
 
Liga inglesa. Marco Silva e Mou com missões espinhosas

Liga inglesa. Marco Silva e Mou com missões espinhosas

Laura Ramires 14/12/2018 14:58

Jogo grande a abrir e a fechar a jornada 17. O Everton desloca-se este sábado até ao reduto do Manchester City e, no domingo, é a vez do United ser posto à prova em Anfield 

Manchester United, Manchester City e Liverpool: já tiveram motivos para festejar com o apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões (os reds só respiraram de alívio na última jornada). Mas, este fim de semana, voltam a ser protagonistas, desta feita na Liga inglesa. Ao trio, junta-se o Everton, de Marco Silva, que ficou de fora das competições europeias após ter terminado em 8.º lugar na época transata e, por isso, a um posto do lugar que dava acesso à disputa da 2.ª pré-eliminatória da Liga Europa.

Contas passadas, esta 17.ª jornada da Premier League promete, com jogo grande a abrir e a fechar.

Ora, este sábado, o Everton desloca-se até ao reduto do Manchester City e, no domingo, será a vez do United ser posto à prova em Anfield, terreno do Liverpool.

 Os toffees são atualmente 7.º classificados na tabela, com 24 pontos, e não querem aumentar a distância em relação aos red devils, que ocupam o sexto posto com 26 pontos.

Marco Silva e José Mourinho têm, contudo, missões espinhosas: a jogar fora de casa, como já foi referido, o Everton tem pela frente os citizens, atuais segundos classificados, com 41 pontos, menos um que os reds de Jürgen Klopp, instalados no topo da tabela, que vão receber os diabos vermelhos.

Recorde-se que, na semana passada, José Mourinho disse que os toffees de Marco Silva iriam terminar o campeonato inglês atrás dos red devils, deixando uma espécie de desafio ao seu compatriota. “Não me parece que o Everton vá acabar à frente do United no final da época. Penso que todos sabem que há seis equipas que devem ficar nas seis primeiras posições, que todos sabemos que têm responsabilidade de ficar nesses lugares”, referiu o outrora Special One, que destacou, ainda assim “o investimento fenomenal” feito pelos toffees.

Mourinho não ficou, todavia, sem resposta. Sem se alongar nos comentários, Marco Silva sacudiu as responsabilidades para o treinador setubalense e disse que só no final é que se fazem contas. “Esse é um prognóstico do José [Mourinho], nada mais do que isso. A obrigação dele é estar entre os seis primeiros, ele sabe disso. Veremos no final da temporada se o prognóstico está correto ou errado”, atirou o técnico do clube de Liverpool.

Liga francesa a meio gás A Liga Francesa adiou até agora seis jogos da 18.ª jornada da prova (Nantes-Montpellier, Nice-Saint-Étienne, Guingamp-Rennes, Marseille-Bordeaux, Amiens-Angers e Dijon-PSG). O organismo que rege o futebol francês informou que os encontros foram adiados devido à insuficiência de forças de segurança nessas partidas num fim-de-semana em que são esperados novos protestos por parte dos ‘coletes amarelos’. 

Recorde-se que a 17.ª jornada do campeonato francês já havia sofrido várias alterações (com seis jogos a serem reagendados) por causa das manifestações organizadas em várias cidades mas com especial incidência em Paris.
 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×