21/11/18
 
 
Guia. O que não pode perder nas nove ilhas dos Açores
Ilha da Graciosa

Guia. O que não pode perder nas nove ilhas dos Açores

Ilha da Graciosa Sónia Peres Pinto 12/09/2018 17:04

Os Açores foram eleitos recentemente como uma das joias raras da Europa por descobrir. Passeie por estas nove ilhas recheadas de lugares de uma beleza única, onde a intervenção do homem é quase nula e a natureza continua a ser a verdadeira protagonista. Estas são algumas sugestões do i. Para a próxima semana há mais

São Jorge
Vista panorâmica

É em São Jorge que veem mais ilhas - Pico, Faial, Terceira e Graciosa - e todas ao mesmo tempo. Tem 57 quilómetros de comprimento e oito de largura máxima. O pico da Esperança é o ponto mais alto de São Jorge e fica a 1053 metros de altitude. Pode aproveitar para visitar os vários miradouros dispersos pela ilha. Um dos pontos turísticos é o farol da Ponta dos Rosais. Faça uma caminhada até à Fajã da Caldeira do Santo Cristo, uma das mais famosas e também das mais protegidas. 

São Miguel
A perder de vista

Um dos pontos altos da ilha é a Lagoa das Sete Cidades. Reza a lenda que a lagoa foi criada a partir das lágrimas de uma princesa de olhos azuis e de um plebeu de olhos verdes, destinados a viver um amor proibido. Ocupando uma área de 4,34 quilómetros quadrados e com 33 metros de profundidade máxima, trata-se do maior reservatório natural de água doce do arquipélago. 

Outro ponto de atração desta ilha é o famoso cozido das Furnas e o chá da Gorreana.

Terceira
Património da UNESCO

A capital histórica da ilha Terceira é considerada património mundial pela UNESCO. Não deixe de visitar o Algar do Carvão, resquícios de uma antiga conduta vulcânica que deslumbram pela sua imensidão espacial. Perca-se pelo Monte Brasil, um parque extenso onde pode encontrar vários miradouros com vista para as ilhas do Pico, Faial e Graciosa. Dê um pulo até à praia da Vitória. 

Graciosa
Mergulho é o rei

Excecional para a prática do mergulho e da pesca, a ilha Graciosa tem uma ligação ao mar que propicia a exploração da costa de caiaque ou barco. As baías de Santa Cruz, da Folga e da Praia são ideais para atividades como o remo, vela ou windsurf. Um outro ponto alto é o Caparacho, onde a presença de águas termais a temperaturas da ordem dos 40 °C convidam a banhos. Outra alternativa passa pela visita à furna do Enxofre, ex--líbris da ilha Graciosa. 

Santa Maria
Idade de peso

Geologicamente, é a ilha mais antiga dos Açores, com formações que ultrapassam os 8,12 milhões de anos de idade. A cascata do Aveiro, situada na costa sudeste, é considerada por muitos um dos locais mais belos da região e uma das maiores cascatas portuguesas. Localizada na Maia, atinge cerca de 100 metros de altura. Pode chegar a este ponto turístico tanto de carro como por trilhos pedestres. Esta é uma das várias atrações da ilha.

Flores
Cortar a respiração

Opte por subir até ao Miradouro da Rocha dos Bordões para desfrutar de vistas privilegiadas sobre um dos monumentos naturais mais importantes da ilha: a Rocha dos Bordões. Outro ponto turístico são as Sete Lagoas, inseridas na caldeira das Flores, mas, se preferir, mergulhe na lagoa natural da cascata do Poço do Bacalhau, uma queda de água com quase 90 metros de altura. Não deixe de visitar a gruta dos Enxarués, apenas acessível por mar. 

Corvo
Em ponto pequeno

O Corvo é a menor ilha dos Açores. Aqui não pode perder o famoso Miradouro do Caldeirão, uma cratera com 2,3 quilómetros de diâmetro e 300 metros de profundidade. No interior diz-se que estão desenhadas na paisagem as ilhas açorianas. Não deixe de visitar os moinhos que, no Corvo, são diferentes dos das outras ilhas: são construídos em pedra negra e têm velas triangulares de pano e um mecanismo interior que faz rodar a cúpula para acompanhar os ventos. 

Faial
Paisagens únicas
Este parque ocupa cerca de 18% da ilha e tem habitats e paisagens únicas, com exemplares de espécies de fauna e flora que são endémicos do património natural dos Açores. Inclui 13 áreas protegidas que se estendem ao longo de 30 quilómetros quadrados em terra e 189 quilómetros quadrados no mar. Nesta ilha pode encontrar o famoso Peter Café Sport, conhecido no mundo dos velejadores. 

Pico
Vulcão imponente

O ponto mais alto de Portugal é uma montanha de origem vulcânica com 2351 metros de altitude que fica na ilha do Pico, a segunda maior deste arquipélago. No cimo da montanha encontra-se a cratera central do vulcão, o Pico Grande. Apesar de o acesso ser difícil por causa da inclinação acentuada, é possível subir a pé esta montanha, de onde é possível observar à distância as ilhas do Faial, Terceira, São Jorge e Graciosa. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×