17/11/18
 
 
PSD Açores. Duarte Freitas anuncia saída e partido marca eleições antecipadas

PSD Açores. Duarte Freitas anuncia saída e partido marca eleições antecipadas

Beatriz Martinho 22/07/2018 20:06

As eleições diretas estão agendadas para dia 29 de setembro

O líder do PSD/Açores, Duarte Freitas, anunciou que não se recandidata à liderança do partido, alegando falta de “condições pessoais e familiares”, e pediu eleições antecipadas. 

“Para ser líder do PSD preciso de ter condições pessoais e familiares e condições políticas. Desde logo, não possuo condições pessoais e familiares para continuar a ser presidente do PSD/Açores”, disse Duarte Freitas no discurso de abertura do conselho regional do PSD, reunido no sábado em Ponta Delgada.

O ainda líder dos sociais-democratas nos Açores aproveitou também para alertar para a necessidade “de resolver os problemas internos” do partido “da forma mais correta e célere possível”, sugerindo eleições antecipadas. 

“Estamos a meio desta legislatura e teremos em novembro a discussão do Plano e Orçamento para 2019. Por isso, proponho um calendário ambicioso para resolver a questão da liderança. E que, desta feita, não se acumule a eleição para o presidente do partido com eleições para outras estruturas”, disse, sugerindo que “as diretas se realizem no dia 29 de setembro e o congresso de 26 a 28 de outubro”.

As datas sugeridas por Duarte Freitas, tanto para as eleições diretas como para o congresso, foram aceites pelo Conselho Regional do PSD/Açores, conforme anunciou o órgão em comunicado.

Até ao momento, o advogado Pedro Nascimento Cabral é o único candidato assumido à presidência do maior partido da oposição nos Açores.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×