22/9/18
 
 
Drone obriga dois aviões a abortar aterragem no Aeroporto de Lisboa

Drone obriga dois aviões a abortar aterragem no Aeroporto de Lisboa

Jornal i 08/08/2017 17:12

A presença de um drone junto ao Aeroporto de Lisboa obrigou, este domingo, dois voos a abortar a aterragem, tendo um deles sido desviado para o Aeroporto do Porto.

“Confirmamos que recebemos informações, segundo as quais vários comandantes terão reportado à NAV [entidade responsável pela gestão do tráfego aéreo] a existência de um drone na aproximação da pista 03, fora do alcance visual a partir do aeroporto. A situação foi comunicada à PSP", refere a ANA-Aeroportos, em declarações à Agência Lusa.

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP indicou à mesma agência que recebeu uma chamada, pelas 18:45 de domingo, a dar conta da presença de um 'drone' que estaria a sobrevoar a Avenida Estados Unidos da América, em Lisboa, acrescentando que quando as autoridades chegaram ao local, "já não encontraram nada".

A ANA diz que não foi necessário encerrar o aeroporto, mas a ocorrência afetou vários voos.

"O aeroporto não esteve fechado, no entanto, de forma preventiva, duas aeronaves foram instruídas pela torre [de controlo] a interromper a aproximação, uma das quais decidiu divergir para o Porto", avançou a gestora dos aeroportos nacionais.

"Todas as situações que podem representar um risco para a segurança dos voos são consideradas com a máxima seriedade. Tratando-se de um incidente no espaço aéreo, sugerimos o contacto com a NAV e com a ANAC [Autoridade Nacional da Aviação Civil] para recolha de informação mais pormenorizada sobre o incidente", salienta a ANA - Aeroportos.

Recorde-se que em julho, o Conselho de Ministros aprovou o decreto-lei que estabelece um sistema de registo obrigatório de 'drones', impondo um seguro de responsabilidade civil e criando um regime sancionatório.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×