23/5/17
 
 
ASAE e Ministério Público investigam Multidreams

ASAE e Ministério Público investigam Multidreams

jornal i 19/01/2016 12:00

De acordo com o  Portal da Queixa, a alegada burla surge através de anúncios publicados no Facebook em que é possível adquirir os mais variados produtos topo de gama a preços muito abaixo do mercado

A ASAE e o Ministério Público estão a investigar a plataforma de internet gerida pela Multidreams.

Esta investigação surge depois de inúmeras queixas recebidas no Portal da Queixa, que até ao momento já totalizam mais de 50. "Foram muitos os consumidores que denunciaram os fatos ocorridos às autoridades competentes, no sentido que estas pudessem esclarecer as dúvidas acerca da alegada burla de que estariam a ser alvos", revela em comunicado.

De acordo com o  Portal da Queixa, a alegada burla surge através de anúncios publicados no Facebook, onde é possível adquirir no site de revenda www.comercioporgrosso.com, telemóveis e smartphones topo de gama com preços muito abaixo do mercado.

No alegado site que tem como “objectivo fornecer uma plataforma para comerciantes (B2B)” para a revenda de artigos a baixo custo,pode ler-se que “A venda directa para o consumidor final não é possível”, mas os relatos feitos pelos consumidores no no Portal da Queixa descrevem situações da tentativa de cobrança de quase 100 euros a particulares, pela inscrição na plataforma, mesmo não sendo comerciantes, nem empresários.

Tanto a ASAE, como o Ministério Público, informam que já iniciaram o processo de investigação e pedem aos consumidores que não efectuem qualquer pagamento às empresas de recuperação de dívidas, nomeadamente a Intrum Justitia.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×