18/04/2024
 
 
Legislativas. Rui Moreira anuncia voto na AD

Legislativas. Rui Moreira anuncia voto na AD

Jornal i 02/03/2024 17:52

Autarca afirmou que nos anos 1980 o país teve crescimentos de 6%, que considerou voltarem a ser possíveis se o Estado “não estiver permanentemente a segurar as rédeas”.

O presidente da Câmara do Porto declarou este sábado que votará na Aliança Democrática nas eleições legislativas de dia 10. Rui Moreira frisou “que ser independente não é ser neutral”.

“Meu caro Luís [Montenegro], nós não temos medo, o país não vai votar por medo. Eu, pela minha parte, já fiz a minha escolha: eu vou votar AD, espero que votem AD e que no dia 10 lhe possa telefonar a dar os parabéns”, afirmou Rui Moreira, num almoço-comício na Trofa para cerca de 2.000 pessoas.

O autarca disse que já tinha transmitido esta posição de apoio ao presidente do PSD, Luís Montenegro, “desde o primeiro dia”, e que agora a partilhava publicamente. Moreira justificou o seu apoio à AD quer pelas qualidades humanas e políticas de Montenegro, quer pelo projeto económico da coligação, defendendo que “é preciso criar mais riqueza para combater a pobreza”.

“As metas da AD são possíveis, é possível crescer, criar mais rendimento (…). Não nos proíbam de sonhar, não nos tentem meter medo”, pediu. Moreira afirmou que nos anos 1980 o país teve crescimentos de 6%, que considerou voltarem a ser possíveis se o Estado “não estiver permanentemente a segurar as rédeas”.

O autarca justificou a sua presença neste almoço na Trofa com um convite do presidente do PSD e por considerar que “este é um momento de escolha”. “Não costumo participar em atividades partidárias porque sou independente, mas independência não é neutralidade, ser independente não é ser neutral”, disse.

No almoço, marcaram presença dirigentes sociais-democratas como Paulo Rangel ou Pedro Duarte, o ex-ministro Mira Amaral, o antigo vice-presidente social-democrata Marco António Costa e figuras do CDS-PP como Álvaro Castello-Branco ou João Almeida.

No distrito do Porto, o PSD perdeu um deputado em 2022, tendo conseguido 14 deputados, contra 19 do PS.

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline