02/12/2022
 
 
CP. Trabalhadores das bilheteiras em greve quarta-feira

CP. Trabalhadores das bilheteiras em greve quarta-feira

José Sérgio Jornal i 31/05/2022 15:41

Se pensava em comprar o passe social amanhã numa bilheteira da CP, fique a saber que não o poderá fazer. 

Os trabalhadores das bilheteiras da CP vão fazer greve esta quarta-feira, dia 1, dia de comprar passe social e, por isso, os utentes vão encontrar esta área fechada. 

A greve de 24 horas foi convocada pelo Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI) em defesa de aumentos salariais que reponham o poder de compra, já estando marcadas outras paralisações para o mês de junho.

Luís Bravo, que pertence à direção do sindicato, referiu à agência Lusa que a greve envolve apenas os trabalhadores operacionais das bilheteiras e respetivas chefias, perfazendo um total de 500 pessoas em todo o país. Contudo, para os dias 12 e 23 de junho, estão marcadas greves com todos os trabalhadores. 

Os associados do SFRCI participaram com outros sindicatos numa greve de 24 horas no passado dia 16 e os revisores fizeram greves parciais nos dias 23 e 27 de maio, em defesa de aumentos salariais e melhores condições de trabalho.

"A administração da CP e as tutelas continuam indiferentes ao brutal aumento do custo de vida, com uma taxa de inflação de 7,2%, que poderá ser superior a 10%, isto significa que num salário de 1.000 euros os trabalhadores perdem 72 euros mês, se for de 10%, significa que os trabalhadores vão perder 100 euros mês", afirmou o sindicalista.

De acordo com Luís Bravo, tudo somado, pode levar a uma redução do poder de compra até 25% e "os trabalhadores não aceitam continuar a empobrecer".

"Os trabalhadores do comercial e transportes, perante esta situação, entendem que valores entre 6,50 euros e 12,39 euros acrescidos de 0,14 euros no subsídio de refeição propostos pela CP são insuficientes", referiu ainda, acrescentando que os trabalhadores das bilheteiras queixam-se das "condições de trabalho deploráveis", em várias estações sem climatização e em instalações com mobiliário desadequado e velho.

As greves marcadas para os dias 12 e 23 de junho são ambas de 24 horas, mas a primeira realiza-se a sul de Pombal e a segunda a norte. 

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline