9/5/21
 
 
Freddy, o maior cão do mundo, morre aos oito anos

Freddy, o maior cão do mundo, morre aos oito anos

Jornal i 30/01/2021 16:25

Quando nasceu, Freddy era o mais pequeno da ninhada.

O maior cão do mundo morreu, esta quarta-feira, aos oito anos.

Freddy, que alcançava mais de 2,26 metros de altura ao colocar-se de pé, vivia em em Essex, na Inglaterra, e tinha também conquistado em maio de 2020, o seu segundo recorde mundial, quando completou 8 anos, tornando-se também no dogue alemão mais velho do mundo. O animal tinha entrado no Guiness World Records em 2016.

"Ele não era apenas o cão mais alto, mas o cão com mais amor e maior coração. Era a minha vida. A minha razão. A minha alegria. A minha irritação. A minha felicidade e a minha tristeza final. Ele era o meu coração”, lamentou a dona, Claire Stoneman, citada pela imprensa britânica.

Quando nasceu, Freddy era o mais pequeno da ninhada.

“Quando era bebé, era o mais pequeno da ninhada. Não imaginava que ele iria ficar tão grande", recordou.

A família gastava cerca de 500 libras por mês, mais de 565 euros, na alimentação do animal – que incluía ração, carne picada, frango assado e algumas guloseimas.

Também fonte da organização do Guiness World Records já lamentou a partida de Freddy, que media cerca de 1,04 metros desde a pata à zona da cernelha.

“Ainda não conseguimos acreditar que ele era o mais pequeno da ninhada. O Freddy trouxe um sorriso ao rosto de todos e fará falta para todos nós no Guinness World Records”, destacaram.

O cão mais alto já registado pelo Guinness World Records em quatro patas foi Zeus do Michigan, EUA, que tinha 1,11 metros, em 2011. O animal, que era também um dogue alemão, morreu dois meses antes de completar 6 anos.

 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×