27/1/21
 
 
Aprovada proposta do Bloco que anula transferências para o Novo Banco

Aprovada proposta do Bloco que anula transferências para o Novo Banco

Bruno Gonçalves Jornal i 26/11/2020 12:54

Após momentos de confusão e reviravolta, a injeção dos 476 milhões foi travada.

A sessão da votação final global do Orçamento do Estado fica marcada pela confusão, reviravoltas e pedidos de intervalo não foram suficientes para travar a proposta do Bloco de Esquerda que impede o Fundo de Resolução de transferir dinheiro para o Novo Banco.

Primeiro votaram a favor da proposta o proponente BE, o PDS, o PCP, o PEV e Joacine Katar Moreira, e contra o PS, o IL, a deputada não inscrita Cristina Rodrigues e dois deputados do PSD Madeira.

No entanto, nos momentos seguintes instalou-se a polémica com deputada do PSD Madeira a explicar que houve uma troca e que e afinal os deputados do PSD Madeira votam a favor da proposta do Bloco.

Assim, apesar dos votos contra (110) do PS, do Iniciativa Liberal e da deputada não inscrita Cristina Rodrigues, a abstenção do CDS, do PAN (que anteriormente votou a favor) e do Chega, os votos a favor dos restantes (111) foram suficientes para aprovar o travão à injeção dos 476 milhões no Novo Banco.

Sublinhe-se que imediatamente antes da votação, o PS pediu uma interrupção dos trabalhos, na tentativa de reunir votos contrea sificentes para impedir a aprovação da proposta, mas sem sucesso.

Houve quem avançasse que alguns deputados sociais-democratas pediram liberdade de voto, mas o certo é que o PSD acabou por votar em bloco, mesmo tendo havido confusão com os parlamentares da região autónoma da Madeira na votação da proposta.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×