5/12/20
 
 
Pedra natural rima com inteligência, tecnologia e inovação

Pedra natural rima com inteligência, tecnologia e inovação

Pedro Amaral 11/02/2020 10:04

Quando transformada num produto (na área da construção, mobiliário ou de caráter artístico), a pedra natural representa um dos setores industriais com maior valor acrescentado para Portugal.

No passado dia 7 de fevereiro teve início um novo ciclo de inovação associado à indústria nacional: o lançamento da implementação do Centro de Inteligência, Tecnologia e Inovação da Pedra Natural – StoneCITI. As empresas, que nos últimos anos demonstraram um extraordinário contributo para as exportações, têm agora o justo reconhecimento associado ao seu investimento ao nível da inovação e do posicionamento internacional da pedra portuguesa. O futuro passará agora não só por replicar alguns dos modelos de implementação que tiveram mais sucesso como, sobretudo, por planear e implementar os próximos 20 anos, tendo em conta aquele que é o maior desafio que o setor atravessa atualmente: capacitar o acesso ao território para extração sustentável dos recursos naturais existentes, com a consequente valorização das matérias-primas em novos materiais e produtos, através da implementação de novas tecnologias, cada vez mais rentáveis e inteligentes.

Quando transformada num produto (seja ele na área da construção, mobiliário ou de caráter artístico), a pedra natural representa um dos setores industriais com maior valor acrescentado para Portugal. Rico em matérias-primas de altíssima qualidade (de natureza física, química ou ornamental), Portugal possui um território que nos permite explorar este recurso e sustentar uma economia que pode atingir, nos próximos dez anos, um volume de exportações próximo dos mil milhões de euros.

O projeto StoneCITI constitui-se provavelmente como o primeiro hub tecnológico que junta na sua constituição, e de forma integrada: # as empresas (através da principal associação industrial do setor, a Assimagra); # a academia (com o empenho registado desde o primeiro momento através do Instituto Superior Técnico); # o suporte à criação de inovação (através do cluster de competitividade Portugal Mineral Resources); # e a sociedade civil, ao integrar esta iniciativa num processo que reabilita o espaço outrora utilizado por uma das mais carismáticas marcas industriais em Portugal, a Fábrica Pardal Monteiro, em Pero Pinheiro, Sintra.

O StoneCITI pressupõe assim que pessoas e tecnologia possam conviver de forma harmoniosa e trabalhar de forma inteligente, criando as condições propícias para que asseguremos um caminho de sustentabilidade económica em torno de um recurso natural, que, a par da cortiça, deve continuar a ser não só uma das maiores fontes de riqueza ao nível industrial em Portugal como um setor que nos representa e muito nos orgulha ao nível internacional.

 

Vice-presidente do IST

Professor do Departamento de Engenharia Mecânica

Direção da AITPN – Projeto StoneCITI

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×