22/9/19
 
 
Atrasos no Cartão de Cidadão são culpa de quem vai para a porta antes de abrir, diz Governo

Atrasos no Cartão de Cidadão são culpa de quem vai para a porta antes de abrir, diz Governo

Miguel Silva Jornal i 24/06/2019 15:51

Secretária de estado da Justiça aponta o dedo aos utentes

Anabela Pedroso, secretária de Estado da Justiça, defende que os problemas de atendimento nos registos para tratar do Cartão de Cidadão (CC) acontecem por culpa dos utentes que vão para as lojas do cidadão quando estas ainda estão encerradas.

Em resposta a dois deputados dos Verdes sobre os atrasos nos pedidos e renovações do CC, Anabela Pedroso fala também do aumento da procura devido às novas regras da lei da nacionalidade e do Brexit.

“Não se pode deixar de dar nota que os atrasos também são o resultado de um fenómeno próprio e específico da procura que tem a ver com o facto de a generalidade dos cidadãos optar, sistematicamente, por se dirigir aos mesmos serviços, à mesma hora – antes da abertura do atendimento ao público”, lê-se na carta enviada pela secretária de Estado ao Parlamento e citada pelo jornal Público.

Anabela Pedroso refere ainda que este “fenómeno é mais notório” nos serviços localizados em Lisboa, como é o caso do Campus da Justiça, no Parque das Nações, da Conservatória do Registo Civil de Lisboa, em Picoas e lojas do cidadão das Laranjeiras e Marvila.

Segundo a secretário de Estado, só no Campus da Justiça registam-se diariamente 200 cidadãos só para pedido de CC “muito antes” do horário de atendimento ao público, o que acaba por encerrar imediatamente a entrega de senhas aquando da abertura das portas.

Anabela Pedroso frisa que nos primeiros quatro meses deste ano, a procura aumentou 24% face ao período homólogo e garante que estão a ser estudadas soluções para estes problemas.

 

 

 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×