24/7/19
 
 
Portugueses são dos europeus que saem mais tarde de casa dos pais

Portugueses são dos europeus que saem mais tarde de casa dos pais

Jornal i 14/05/2019 16:24

Jovens só saem de casa dos pais aos 29 anos

Dados do Eurostat, relativos a 2017, revelam que os jovens portugueses deixam a casa dos pais mais tarde do que a média europeia.

Os portugueses saem de casa dos pais quase aos 29 anos, três anos acima da média da União Europeia que se situa nos 26 anos.

O relatório do Eurostat refere ainda que, em 2017, mais de um terço, 35,3%, dos europeus do sexo masculino entre os 25 e os 34 anos viviam em casa dos pais, enquanto apenas um quinto, 21,7%, de jovens do sexo feminino estava na mesma situação.

Em Portugal, a percentagem de filhos a viverem com os pais também varia consoante o sexo, 50,8% no caso dos homens e 40,5% no caso das mulheres.

Há pelo menos quatro países cuja média de idades para saída de casa dos pais fica acima dos 30 anos: Croácia com 31,8, a Eslováquia com 30,9, Malta com 30,7 e Itália com 30,1. 

Por outro lado, a Suécia era o país, em 2017, em que os jovens saiam mais cedo de casa dos pais, com uma idade média de 18,5 anos, seguindo-se o Luxemburgo (20,1), a Dinamarca (21,1), a Finlândia (22,0), a Estónia (22,2), Alemanha, França e Holanda (23,7 cada) e o Reino Unido (24,7 anos).

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×