25/6/19
 
 
Ana Saltão foi novamente absolvida da morte da avó do marido

Ana Saltão foi novamente absolvida da morte da avó do marido

Jornal i 09/01/2019 12:45

Relação nega provimento a recurso do MP à decisão da primeira instância

O coletivo do Tribunal da Relação de Coimbra confirmou, esta quarta-feira, a absolvição da inspetora da Polícia Judiciária Ana Saltão, que tinha sido acusada de ter matado a avó do marido, em 2012.

O tribunal indeferiu assim o recurso que tinha sido apresentado pelo Ministério Público, após a primeira instância ter absolvido Ana Saltão.

A decisão foi feita segundo o princípio 'in dubio pro reo', ou seja em caso de dúvida absolve-se o réu, o tribunal de primeira instância também recorreu a esta figura legal para a sua decisão.

Recorde-se que a inspetora da judiciária era suspeita de ser a autora dos mais de dez disparos que atingiram Filomena Alves, de 80 anos, numa residência em Coimbra, na tarde de 21 de novembro de 2012.

Ana Saltão foi acusada pelo Ministério Público de um crime de homicídio qualificado e de outro de peculato, no âmbito de um furto de arma de um colega da PJ do Porto.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×