7/4/20
 
 
OE2019: Passes para Lisboa e Porto vão custar, no máximo, 40 euros

OE2019: Passes para Lisboa e Porto vão custar, no máximo, 40 euros

Miguel Silva Sofia Martins Santos 16/10/2018 02:02

Montante dos passes no resto do país será definido por cada uma das comunidades intermunicipais.

Uma das grandes promessas para o próximo ano era a redução do preço dos passes nos transportes públicos e é aqui que entra o PART – Programa de Apoio à Redução Tarifária. Vai começar a 1 de abril, custará 83 milhões de euros e será totalmente financiado pelo Fundo Ambiental.

De acordo com a proposta de Orçamento do Estado para o próximo ano, entregue ontem no Parlamento, “de modo a melhorar a atratividade do transporte público e incentivar a procura, será lançado o Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART), que consistirá num apoio de 83 milhões de euros às Autoridades de Transportes das Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto e Comunidades Intermunicipais”.

Cerca de 60% do financiamento deverá ser aplicado na redução do preço dos passes e na criação de passes familiares. O restante será aplicado na melhoria da oferta das empresas e ainda na extensão da rede pública.

Os passes de Lisboa e Porto vão custar, no máximo, 40 euros e as crianças até aos 12 anos vão poder viajar sem pagar. As famílias terão uma despesa máxima de 80 euros com os passes. Isto porque será introduzido um passe único de transporte para estas duas zonas metropolitanas. Pode dizer-se que será necessário desembolsar 30 euros por mês para andar de transportes dentro do município e 40 euros caso as deslocações sejam feitas entre concelhos. Todos os operadores vão adotar este passe único, quer sejam públicos ou privados.

O montante dos passes no resto do país será definido por cada uma das comunidades intermunicipais.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×