19/9/19
 
 
Manchester United. Nuno Espírito Santo apontado ao lugar de José Mourinho

Manchester United. Nuno Espírito Santo apontado ao lugar de José Mourinho

AFP Laura Ramires 07/09/2018 17:54

O mau arranque dos red devils em 2018/19 está a deixar o emblema inglês atento aos possíveis sucessores do outrora Special One

Tudo começou com Zidane. O treinador francês foi, no início da temporada, apontado ao comando técnico do Manchester United, cargo que poderia vir a ocupar já na próxima época, ou seja, depois do ano sabático que decidiu gozar a seguir a deixar o cargo de treinador do Real Madrid, no final da temporada 2017/18, com a conquista da terceira Liga dos Campeões consecutiva ao serviço dos merengues. A notícia até poderia pressionar José Mourinho no sentido da urgência do técnico português apresentar bons resultados desportivos, mas a direção dos red devils colocou-se prontamente do lado do Special One, lembrando que o treinador estava contratualmente ligado ao clube até 2020.

O problema chegou, porém, pouco depois, mais precisamente após a 1.ª jornada da Premier League. Com o desaire frente ao Brighton e ao Tottenham, na 2.ª e 3.ª ronda da prova, respetivamente, o mau arranque dos diabos vermelhos tornou-se indiscutível. E, por sua vez, o lugar de Mou passou a ser, cada vez mais, o tema principal dos debates desportivos.

Esta quinta-feira, o jornal alemão “Bild” adiantou que Nuno Espírito Santo está na lista dos sucessores de José Mourinho, caso este abandone o cargo. Lista essa que continua, contudo, encabeçada pelo treinador francês, assegura a mesma publicação.

O ex-treinador do FC Porto está na mira do clube de Old Trafford depois de ter conduzido o Wolverhampton, clube que lidera atualmente, ao principal escalão de futebol inglês, onde o emblema não marcava presença há seis anos, depois de se ter sagrado campeão do Championship na temporada transata.

Já em 2018/19, Nuno Espírito Santo continua a desenvolver um trabalho notável com a equipa mais portuguesa da Liga inglesa (oito jogadores lusos no plantel). O recém-promovido à Premier League ocupa neste momento o 11.º lugar na tabela, com cinco pontos, estando imediatamente atrás do... Manchester United, que soma apenas mais um ponto (seis).

De notar que numa altura em que estão cumpridas quatro jornadas, o grande destaque do Wolverhampton até agora foi o empate (1-1) caseiro conseguido diante do Manchester City, atual campeão de Inglaterra, na terceira ronda.

 

“Gosto de treinar o Wolverhampton” Por estes dias, o técnico de 44 anos comentou o desafio que tem em mãos e garantiu que o Wolverhampton é um projeto desafiante e o clube que gosta de orientar. “Se calhar vão achar que sou arrogante, mas mais do que treinar na Premier League, mais do que treinar no Championship, o que eu gosto mesmo é de treinar o Wolverhampton. Este é o meu clube. É preciso muita energia para liderar o projeto que temos em mãos. O clube quer atingir coisas importantes e é preciso muita energia para isso”, declarou o treinador português.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×