17/11/18
 
 
Triumph. Trabalhadoras concentram-se junto ao Palácio de Belém

Triumph. Trabalhadoras concentram-se junto ao Palácio de Belém

Jornal i 22/01/2018 09:55

Trabalhadoras da antiga fábrica da Triumph, em Loures, estão, esta manhã, junto ao Palácio de Belém para pedirem a intervenção de Marcelo Rebelo de Sousa no processo. 

Mónica Antunes, dirigente do sindicato dos têxteis do Sul, em declarações à Lusa, explicou que esta concentração se trata de uma tentativa de chamada de atenção e pressão para que esta situação seja resolvida.

As trabalhadoras da fábrica da antiga Triumph estão desde o dia 5 de janeiro em vigília à porta da empresa, após terem tomado conhecimento de que a administração tinha declarado insolvência.

Na passada quinta-feira, as funcionárias estiveram em manifestação à porta da Presidência do Conselho de Ministros, onde ofereceram, como forma de protesto contra o encerramento da fábrica, uma peça de lingerie ao ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, apelando que o Governo intervenha no processo.

Já na terça-feira de manhã, em audição parlamentar, Caldeira Cabral disse que espera que se encontre uma "solução" para a Têxtil Gramax, admitindo a existência de interessados na fábrica.

Recorde-se que a fábrica de roupa interior feminima, localizada em Loures, foi adquirida no início do ano passado pela TGI-Gramax e emprega, atualmente, 463 funcionários.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×