3/12/20
 
 
Matosinhos. Cão que atacou criança está de quarentena e pode não ser abatido

Matosinhos. Cão que atacou criança está de quarentena e pode não ser abatido

Jornal i 26/04/2017 08:41

Veterinário municipal vai decidir se o animal deve ou não ser abatido

O cão de raça rottweiler, que atacou uma criança de 4 anos em Matosinhos, vai ficar em quarentena no canil municipal, para despiste de doenças, cabendo assim ao veterinário municipal decidir se o animal deve ser ou não abatido.  

"O que o que o decreto-lei diz é que o animal tem de ser avaliado e será o veterinário municipal a fazê-lo", avançou em declarações ao Diário de Notícias uma médica veterinária, Anabela Moreira.

Recorde-se que, para além da criança, que já se encontra estável, o cão provocou ferimentos sem gravidade em mais duas pessoas. 

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×