19/04/2024
 
 
Guerra. 16 mil russos entram para o exército para “vingar” ataque nos arredores de Moscovo

Guerra. 16 mil russos entram para o exército para “vingar” ataque nos arredores de Moscovo

Jornal i 03/04/2024 13:11

Em comunicado, o Ministério da Defesa da Rússia informa que a “maioria dos candidatos indicou como principal motivação para a assinatura do contrato o desejo de vingar os mortos na tragédia de 22 de março”.  

 

Desde o ataque nos arredores de Moscovo, em 22 de março, que matou 144 pessoas, já se alistaram cerca de 16.000 russos no exército para combater na Ucrânia.  

Em comunicado, o Ministério da Defesa da Rússia informa que a “maioria dos candidatos indicou como principal motivação para a assinatura do contrato o desejo de vingar os mortos na tragédia de 22 de março”.  

O ataque terrorista foi reivindicado pelo Estado Islâmico da Província de Khorasan (ISPK), mas Moscovo alega que na origem do atentado está Kiev.  

Foram detidas 15 pessoas na sequência do ataque, todos de etnia tajique. 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline