17/04/2024
 
 
Saiba quem é cada um dos 17 ministros do novo Governo

Saiba quem é cada um dos 17 ministros do novo Governo

Dez homens e sete mulheres, 12 do PSD,um do CDS e quatro independentes; são também quatro os que trocam Bruxelas por Lisboa.

Advogado é presidente do PSD desde 2022, venceu as eleições legislativas de 10 de março de 2024 e foi indigitado primeiro-ministro 10 dias depois, a 20 de março. Apresentou uma lista de 17 ministros – menos um do que do que o do último Governo de António Costa, que agora termina funções. Mas o mesmo número do primeiro Executivo liderado pelo primeiro-ministro cessante, que tomou posse em 2015. É preciso recuar ao início do século para encontrar Executivos com números semelhantes.

Paulo Rangel - Estado e Negócios Estrangeiros

Advogado, regente de Ciência Política e docente do MBA da Universidade Católica no Porto, Paulo Rangel nasceu em 1968 e é desde 2009 deputado ao Parlamento Europeu. Eleito sucessivamente vice-presidente do Grupo Parlamentar do PPE desde 2009 e vice-presidente do PPE desde 2024. Foi ainda líder do Grupo Parlamentar do PSD em 2008, deputado entre 2005 a 2009 e secretário de Estado Adjunto do ministro da Justiça do Governo de Pedro Santana Lopes.

Joaquim Miranda Sarmento - Estado e Finanças

Foi um dos poucos nomes que transitou da equipa de Rui Rio
para a de Luís Montenegro. Ocupou até aos últimos dias a cadeira de líder parlamentar do PSD, mas a sua vocação são as Finanças. Coordenou a equipa que elaborou o cenário macro-económico que esteve na base da elaboração do programa eleitoral da AD. É um académico reputado na área das Finanças, com vasta obra publicada e era um dos nomes mais previsíveis e falados para tutelar uma das pastas mais desafiantes.

António Leitão Amaro - Presidência

É vice-presidente do PSD e docente de Finanças Públicas na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e na Universidade Católica. Foi secretário de Estado da Administração Local no Governo de Pedro Passos Coelho. Nos últimos meses, coordenou vários grupos de trabalho no Conselho Estratégico Nacional do PSD, entre eles os grupos que apresentaram propostas nas áreas da Educação, Saúde, Habitação e Economia. Vai ser agora o número quatro do Governo.

Manuel Castro Almeida - Adjunto e Coesão Territorial

Mendista e licenciado em Direito, iniciou a vida profissional com 16 anos, como auxiliar administrativo. Em 1991 foi eleito deputado à Assembleia de República, onde coordenou os deputados do PSD nas Comissões Parlamentares de Economia, Finanças e Plano, Educação, Ciência e Cultura e Obras Públicas, Transportes e Comunicações. Foi também vice-presidente do Grupo Parlamentar e, entre 1993 e 1995, foi secretário de Estado da Educação e de Desporto no último Governo de Cavaco.

Pedro Duarte - Assuntos Parlamentares

m dezembro, lançou o livro Troika nunca mais e na campanha eleitoral foi protagonista da polémica sobre a eventual viabilização de um Governo PS. Doutorado em Estudos de Desenvolvimento, foi líder da JSD, deputado, vice-presidente do grupo parlamentar e secretário de Estado da Juventude. Nasceu em 1973, é diretor de Corporate Affairs da Microsoft Portugal e vice-presidente da CIP. Foi diretor de campanha de Luís Filipe Menezes à Câmara do Porto, e de Marcelo Rebelo Sousa na primeira candidatura presidencial.

Nuno Melo - Defesa

Líder do CDS, parceiro de coligação do PSD, foi até às legislativas de 10 de março o único eurodeputado eleito pelos centristas. Assumiu a liderança do partido depois de o CDS ter perdido a representação parlamentar em 2022 e assumiu como grande objetivo trazer de volta os centristas ao hemiciclo de São Bento. No dia do início dos trabalhos desta legislatura, foi com pompa e circunstância que ele próprio voltou a atarrachar a placa do CDS nas paredes do Parlamento.

Rita Júdice - Justiça

Filha do antigo bastonário dos advogados, fundador de uma das maiores sociedades de advogados portuguesas e comentador da SICJosé Miguel Júdice, é também advogada com especialidade em imobiliário e turismo. Nos últimos meses, colaborou com o PSD no conselho estratégico nacional (CEN) e ajudou a elaborar as propostas na área da habitação que o PSD apresentou na Assembleia da República e que foram integradas no programa da AD às legislativas de março.

Margarida Blasco - Administração Interna

Licenciada em Direito, é juíza conselheira do Supremo Tribunal de Justiça. Foi chefe de gabinete do secretário de Estado Adjunto do ministro de Justiça no Governo no segundo Governo de Cavaco Silva (1987-91). Foi ainda diretora-geral do Serviço de Informações de Segurança (SIS) entre 2004 e 2008 e Inspetora-Geral da Administração Interna (IGAI) entre 2012 e 2019. Foi a primeira mulher a desempenhar estes cargos tanto nas ‘Secretas’ como no IGAI.

Fernando Alexandre - Educação, Ciência e Inovação

Doutorado em Economia, é professor da Universidade do Minho e vice-presidente do Conselho Económico e Social. Foi secretário de Estado Adjunto do ministro da Administração Interna do primeiro Governo de Passos Coelho. Em 2022, recebeu o Prémio de Mérito Científico da UMinho. Tem diversos trabalhos publicados em revistas internacionais e foi consultor de entidades públicas e privadas, entre as quais, o Tribunal de Contas, a Associação Portuguesa de Seguradores, entre outras entidades.

Ana Paula Martins - Saúde

Um nome que não é surpresa. Demitiu-se da presidência do Centro Hospitalar e Universitário Lisboa Norte, no final do ano passado, por discordar da forma como o DE-SNS, Fernando Araújo, estruturou as novas ULS. Um cargo que tinha assumido um ano antes. Integrou as listas da AD por Lisboa e deu a cara pelo programa eleitoral da coligação para área da Saúde. É doutorada em Farmácia, professora universitária e foi bastonária da Ordem dos Farmacêuticos. Fernando Araújo pode estar por dias.

Miguel Pinto Luz - Infraestruturas e Habitação

Vice-presidente do PSD e da Câmara de Cascais. Foi candidato à liderança do partido e no último Governo relâmpago de Passos Coelho foi secretário de Estado das Infraestruturas. Era até agora o nome mais provável para suceder a Carlos Carreiras que já não se poderá candidatar nas próximas autárquicas. Um cenário que não está afastado, apesar de agora assumir um lugar no Governo. Foi também líder da Distrital de Lisboa e faz parte do núcleo duro de Montenegro.

Pedro Reis - Economia

Gestor, militante do PSD, foi presidente da AICEP na vigência do Governo de Passos Coelho e secretário Executivo do Conselho Estratégico de Internacionalização da Economia. Ex-administrador do BCP Capital, integrou o Conselho Nacional para o Empreendedorismo e a Inovação, ainda fez parte do Conselho da Indústria no âmbito do Ministério da Economia. Nos últimos meses foi um dos coordenadores do Conselho Estratégico Nacional do PSD. Licenciado em Gestão, é administrador e consultor de empresas.

Maria Rosário Palma Ramalho - Trabalho, Solidariedade e Segurança Social

Professora catedrática na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa de Direito do Trabalho, tem um extenso currículo em órgãos associativos nesta área . É presidente da APODIT e vice-presidente da ISLSSL. Nasceu em 1960, é irmã da escritora Margarida Rebelo Pinto, mãe de Inês Palma Ramalho, vice-presidente do PSD e mulher de Manuel Palma Ramalho, antigo presidente do Novo Banco (2016 e 2022). Esta é a sua primeira experiência na área política e governamental.

Maria da Graça Carvalho - Ambiente e Energia

Doutorada, é deputada ao Parlamento Europeu e professora universitária. Foi ministra da Ciência e Ensino Superior e adjunta do presidente da Comissão Europeia 2006 a 2009. Maria da Graça Carvalho recebeu o título de Grande-Oficial da Ordem da Instrução Pública pelo Presidente da República .Recebeu, em 2005, a Grã-Cruz da Chancelaria da Ordem de Mérito Internacional do Descobridor do Brasil. É membro da Chancelaria das Ordens de Mérito da República Portuguesa.

Margarida Balseiro Lopes - Juventude e Modernização

Apoiante do novo primeiro-ministro desde a primeira hora, surpreendeu tudo e todos ao ter ficado de fora das listas de candidatos da ADnas últimas eleições. É vice-presidente de Luís Montenegro, foi líder da JSD, tendo sido uma das mais novas deputadas do partido acompanhando as matérias relacionadas com a Educação. Jurista de formação, colaborou de perto na elaboração do programa eleitoral da AD. Nos últimos anos dedicou-se à atividade privada na área da consultadoria.

José Manuel Fernandes - Agricultura e Pesca

Licenciado em Engenharia de Sistemas e Informática, é deputado ao Parlamento Europeu, desde 2009. Foi presidente da Câmara Municipal de Vila Verde. Foi também presidente da Agência para o Desenvolvimento Regional do Cávado e presidente da Associação de Municípios do Vale do Cávado. Integrou o Conselho Geral da Comissão de Coordenação da Região Norte e o Conselho Geral da Associação Nacional de Municípios Portugueses. É um dos mais influentes eurodeputados.

Dalila Rodrigues - Cultura

Doutorada, é historiadora de Arte, professora do Ensino Superior e diretora do Mosteiro dos Jerónimos e Torre de Belém (desde maio de 2019). Dirigiu diversas instituições culturais nacionais, como o Museu Nacional Grão Vasco e o Museu Nacional de Arte Antiga. Foi administradora do CCB. É autora de livros e artigos científicos nas áreas de História da Arte, Património e Museologia. Foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian e do PRODEP para efeitos de doutoramento.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline