12/04/2024
 
 
Supremo Tribunal dos EUA aceita analisar imunidade de Trump

Supremo Tribunal dos EUA aceita analisar imunidade de Trump

Jornal i 29/02/2024 09:30

O ex-presidente enfrenta um total de 91 acusações, em quatro processos que estão em diferentes fases e velocidades, em tribunais diferentes

O Supremo Tribunal dos Estados Unidos aceitou decidir se o antigo presidente republicano Donald Trump pode ser julgado por interferência eleitoral nas presidenciais de 2020 ou se tem imunidade. O processo que será examinado no final de abril

A questão da imunidade presidencial tornou-se um obstáculo nos diversos casos que o Departamento de Justiça dos EUA abriu contra Trump. Um deles é o de Washington, por tentativa de reverter o resultado de 2020, quando perdeu as eleições para o democrata Joe Biden.

Um tribunal federal de recurso dos EUA rejeitou a imunidade criminal de Donald Trump a 6 de fevereiro, reabrindo o caminho ao seu julgamento. A 12 de fevereiro, a defesa de Donald Trump pediu ao Supremo Tribunal que suspendesse a decisão de recurso e que aceitasse o seu recurso, para anular esta decisão.

A mais alta instância judicial nos EUA pode determinar se o ex-presidente irá a julgamento em Washington antes das eleições presidenciais de novembro. Trump é o principal favorito entre os republicanos.

No recurso, os advogados do magnata republicano pediram aos juízes do Supremo Tribunal que demorassem a examinar a questão da imunidade de Trump.

Já o procurador especial Jack Smith, que tem liderado duas investigações federais que resultaram em acusações contra o ex-presidente, instou o Supremo a permitir que Donald Trump seja levado, sem mais demora, a julgamento por tentativa de anulação ilegal dos resultados das eleições de 2020.

A equipa jurídica do republicano tem tentado atrasar qualquer processo judicial contra Trump, já que uma eventual vitória do republicano nas urnas sobre o atual presidente, o democrata Joe Biden, o colocaria à frente do executivo e lhe daria autoridade para determinar ao seu procurador-geral que descartasse as acusações federais contra ele.

Dos nove juízes do Supremo Tribunal, três foram nomeados por Trump. O processo em Washington é uma das quatro acusações criminais que Trump enfrenta.

O ex-presidente enfrenta um total de 91 acusações, em quatro processos que estão em diferentes fases e velocidades, em tribunais diferentes.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline