18/04/2024
 
 
Viseu. Padre condenado por coação sexual a menor

Viseu. Padre condenado por coação sexual a menor

Dreamstime Jornal i 26/02/2024 12:36

Pena de prisão fica suspensa e padre está proibido de ter contacto com menores e terá de frequentar programa para agressores sexuais.

O padre de Viseu, acusado de tentativa de coação sexual agravada e aliciamento de um menor para fins sexuais, foi condenado, esta segunda-feira, a um ano e 11 meses de prisão, com pena suspensa.

Segundo a sentença, a pena fica suspensa por um período de três anos com a condição, sujeita a regime de prova, de o padre frequentar um programa para agressores sexuais de crianças e jovens, e ser submetido a avaliação psicológica ou psiquiátrica.

Luís Miguel Costa foi ainda condenado à pena acessória de proibição de exercer profissão, emprego, funções ou atividades públicas ou privadas cujo exercício envolva contacto regular com menores, além do pagamento de 10 mil euros à vítima por danos não patrimoniais.

Recorde-se que o padre, segundo a acusação do Ministério Público, convidou um adolescente de 14 anos para se encontrar consigo numa casa de banho, onde o puxou para si e o tentou beijar na boca, gesto ao qual o jovem resistiu e evitou.

O MP referiu ainda que, "pouco depois", o padre mandou "diversos SMS para o telemóvel do menor, aliciando-o para um encontro a fim de se relacionar sexualmente com ele".

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline