17/04/2024
 
 
CML quer que Moedas informe o MP da "manifestação ilegal" de polícias

CML quer que Moedas informe o MP da "manifestação ilegal" de polícias

Jornal i 21/02/2024 18:58

Durante o debate entre o presidente do PSD e o secretário-geral do PS, na passada segunda-feira, vários polícias manifestaram em frente ao Capitólio, local onde estava a ocorrer o debate.

A Câmara Municipal de Lisboa (CML), aprovou, esta quarta-feira, uma moção do Partido Socialista (PS) para instar ao Presidente, Carlos Moedas, a apresentar, junto do Ministério Público (MP), uma queixa sobre a “manifestação ilegal” de polícias, junto ao Capitólio, durante o debate eleitoral entre Luís Montenegro, Presidente do Partido Social Democrata (PSD) e Pedro Nuno Santos, secretário-geral do PS.

A moção foi aprovada com sete votos com sete votos contra da liderança PSD/CDS-PP, duas abstenções do PCP e oito votos a favor dos restantes, nomeadamente três do PS, três dos Cidadãos Por Lisboa (eleitos pela coligação PS/Livre), um do Livre e um do BE, durante uma reunião pública, do executivo municipal, que decorrer sem a presença de Carlos Moedas.

A vereadora do PS, Inês Drummond, ao apresentar a moção, referiu que: “não é tolerável em democracia que um debate eleitoral seja cercado por uma manifestação, menos ainda por elementos das forças de segurança e dos serviços de segurança, que tem especiais deveres de cumprir e fazer cumprir a lei, defender o Estado de Direito e os órgãos de soberania”.

Durante o debate entre o presidente do PSD e o secretário-geral do PS, na passada segunda-feira, vários polícias manifestaram em frente ao Capitólio, local onde estava a ocorrer o debate.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline