17/04/2024
 
 
O Ano Novo Chinês mostra ao Mundo a pujança da economia chinesa

O Ano Novo Chinês mostra ao Mundo a pujança da economia chinesa

AFP 20/02/2024 12:07

Este é o primeiro ano em que o Ano Novo Chinês é reconhecido como feriado das Nações Unidas. Cerca de um quinto da população mundial comemora este Ano Novo Lunar.

Conteúdo patrocinado por Centro de Programas de Línguas da Europa e América Latina da China

O Festival da Primavera, a celebrar a chegada do Ano Novo Chinês, traduziu-se em números extraordinários, demonstrando ao Mundo que a economia da China está em pleno aquecimento. Eis alguns desses números: 474 milhões de viagens, cerca de 633 mil milhões de yuans (cerca de 81 mil milhões de euros) de consumo turístico; 13,517 milhões de chineses e estrangeiros entrando e saindo do país, uma média diária de 1,69 milhões, um aumento de 2,8 vezes em comparação com o mesmo período do ano passado. Até as bilheteiras dos cinemas faturaram, em oito dias, mais de 8 mil milhões de yuans, um novo recorde para a história do cinema do Festival da Primavera.

Tudo isto leve os analistas a considerarem que foi um excelente início do Ano do Dragão, com esta onda de consumo a mostrar a pujança da economia chinesa. A Bloomberg citou especialistas do setor comentando que “os consumidores chineses estão mais ativos”.

Recorde-se que a Conferência Central do Trabalho Económico, realizada no final do ano passado, apontou a necessidade de promover o consumo. O Ministério do Comércio da China designou 2024 como o “Ano de Promoção do Consumo” e vai realizar muitas atividades para este efeito. Graças a uma série de decisões políticas, o potencial de consumo da China continua a ser bem aproveitado e a sua estrutura de consumo vai sendo aprimorada.

Este é o primeiro ano em que o Ano Novo Chinês é reconhecido como feriado das Nações Unidas. Cerca de um quinto da população mundial comemora este Ano Novo Lunar.

Veja-se o exemplo de Singapura, Malásia e Tailândia, os três últimos países isentos de visto para cidadãos chineses.

Durante o período do Festival da Primavera, e comparativamente com o ano passado, as compras de bilhetes de avião para Singapura aumentaram 29 vezes, para Kuala Lumpur aumentaram 20 vezes, para Banguecoque aumentaram 16 vezes, e os produtos "Nova Malásia-Tailândia" de algumas agências de viagens recuperaram basicamente para o nível do mesmo período em 2019. Dados de plataformas do sector mostram que os turistas chineses viajaram para mais de 1.700 cidades em todo o mundo durante o feriado do Festival da primavera deste ano.

Através deste consumo “quente” do Festival da Primavera, o Mundo viu as vantagens do mega-mercado da China e sentiu a boa temperatura da economia chinesa. Até o Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou a previsão de crescimento económico da China para 2024 em 0,4 %, para 4,6%, no final de janeiro.

Atualmente, apesar dos desafios enfrentados pela economia chinesa, os fundamentos da melhoria de longo prazo não mudaram. Em 2024, a economia da China continuará a injetar uma positiva “corrente quente” na economia mundial.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline