18/04/2024
 
 
Israel declara Lula da Silva como ‘persona non grata’

Israel declara Lula da Silva como ‘persona non grata’

AFP Jornal i 19/02/2024 17:19

Esta decisão surge depois do chefe de Estado do Brasil ter comparado as ações do Exército israelita, em Gaza, ao Holocausto.

O Governo israelita declarou, esta segunda-feira, que o Presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, é ‘persona non grata’ em Israel. Esta decisão surge depois do chefe de Estado do Brasil ter comparado as ações do Exército israelita, em Gaza, ao Holocausto.

O ministro dos Negócios Estrangeiros israelitas, Israel Katz, anunciou que convocou o embaixador brasileiro, em Israel, para Yad Vashem, local simbólico que guarda a memória da ação dos nazis alemães contra o povo judeu, que causou o extermínio de cerca de seis milhões de judeus na Segunda Guerra Mundial.

Na rede social X, o governante esclarece que: “A comparação do Presidente do Brasil, [Lula da Silva], entre a guerra justa de Israel contra o Hamas e as ações de Hitler e dos nazis, que exterminaram seis milhões de judeus, é um grave ataque antissemita que profana a memória dos que foram mortos no Holocausto”.

“Não perdoaremos, nem esqueceremos - em meu nome e em nome dos cidadãos de Israel, declarei o Presidente Lula 'persona non grata' em Israel até que ele se desculpe e reconsidere as suas palavras”, completou Katz.

Enquanto falava aos jornalistas, na cimeira da União Africana na Etiópia, no fim de semana, Lula da Silva referiu que “o que está a acontecer na Faixa de Gaza e com o povo palestiniano nunca foi visto em nenhum outro momento da história. Na verdade, aconteceu quando Hitler decidiu matar os judeus”.

O termo 'persona non grata' é um instrumento jurídico utilizado nas relações internacionais para indicar que um representante oficial estrangeiro não é mais bem-vindo.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline