18/04/2024
 
 
Três arguidos detidos na Madeira saem em liberdade

Três arguidos detidos na Madeira saem em liberdade

Jornal i 14/02/2024 17:49

Ministério Público pedia prisão preventiva.

 

Pedro Calado, ex-presidente da Câmara do Funchal, Avelino Farinha, líder do grupo de construção AFA, e Custódio Correia, principal acionista do grupo ligado à construção civil Socicorreia, ficam em liberdade, com termo de identidade e residência (TIR), na sequência da investigação por suspeitas de corrupção na Madeira. 

A decisão do juiz de instrução foi conhecida esta quarta-feira.  

“Não se encontrando indiciada a prática, pelo arguido Custódio Ferreira Correia, pelo arguido José Avelino Farinha e pelo arguido Pedro Miguel Amaro de Bettencort Calado, de um qualquer crime, deverão os mesmos aguardar os ulteriores termos do processo sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência”, pode ler-se no despacho.  

Recorde-se que o Ministério Público pedia prisão preventiva para o ex-presidente da câmara do Funchal, Pedro Calado, e para os empresários Avelino Farinha e Custódio Correia. 

Em causa estavam suspeitas de corrupção ativa e passiva, participação económica em negócio, prevaricação, recebimento ou oferta indevidos de vantagem, abuso de poderes e tráfico de influência. 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline