01/03/2024
 
 
Começa hoje paralisação de duas semanas dos guardas prisionais

Começa hoje paralisação de duas semanas dos guardas prisionais

Dreamstime Jornal i 13/02/2024 08:42

Os guardas prisionais estarão em greve às diligências até 25 de fevereiro em protesto pela "valorização e dignificação dos profissionais", pela reestruturação de suplementos remuneratórios e a aprovação do sistema de avaliação de desempenho.

 

O Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional (SNCGP) convocou, para esta terça-feira, um protesto dos profissionais do setor. Os guardas prisionais estarão, durante praticamente duas semanas, em greve de diligências, o que pode vir a comprometer o transporte de presos aos tribunais.

De acordo com o pré-aviso da greve, que deverá decorrer entre as 00h00 de 13 de fevereiro (esta terça-feira) e as 23h59 de 25 de fevereiro (domingo), este paralisação é um protesto pela “valorização e dignificação dos profissionais”, a “reestruturação de suplementos remuneratórios” e a “aprovação do sistema de avaliação de desempenho dos profissionais do corpo da guarda prisional já concluído”.

Este pré-aviso de greve foi enviado ao Governo, aos Governos regionais, á Direção-Geral da Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP) e aos diretores dos estabelecimentos prisionais do país.

O sindicato tem também agendado a continuidade deste protesto entre 26 de fevereiro e 9 de março, tendo já cumprido, a 31 de janeiro, a paralisação total. O Governo, entretanto, já prometeu que até março haverá a aprovação do sistema de avaliação e desempenho.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline