01/03/2024
 
 
Cabaz alimentar. Preços dos produtos essenciais já baixaram

Cabaz alimentar. Preços dos produtos essenciais já baixaram

Jornal i 06/02/2024 11:47

Azeite, atum, ovos, bacalhau e fruta já estão mais baratos, revela análise da plataforma de comparação de preços de supermercados Kabaz.pt.

Um mês após o fim do Iva zero em Portugal, os preços dos produtos alimentares essenciais desceram 4,15%. Esta é a principal conclusão de uma análise da plataforma de comparação de preços de supermercados Kabaz.pt.

O estudo comparou a média de preços ao dia desta segunda-feira dos produtos alimentares que estiveram sujeitos ao programa Iva zero, com os preços praticados há um mês, a 5 de janeiro, quando foi retomado o IVA a 6%. As contas feitas mostram que o valor dessa lista de 45 produtos totalizava 143,77 euros há exatamente um mês. Esta segunda-feira os mesmos produtos já custavam 137,81 euros, ou seja, menos 5,97 euros.

Dos 45 produtos analisados, 21 apresentaram uma diminuição nos preços, incluindo as laranjas, de 2,00 euros por quilo para 1,29 euros por quilo (-35,50%); a cebola, de 3,16 euros por quilo para 2,49 euros por quilo (-24,29%); o tomate, de 2,63 euros por quilo para 2,09 euros por quilo (-20,53%); os ovos, de 1,97 euros para 1,62 euros (-17,91%); o atum, de 1,69 euros para 1,40 euros (-16,96%), o bacalhau, de 13,23 euros por quilo para 11,99 euros por quilo (-9,37%); e o azeite, de 8,60 euros para 7,94 euros (-7,71%).

A plataforma refere que, desta lista de compras, apenas nove produtos viram o preço aumentar. Desque para o queijo fatiado, de 2,37 euros para 2,52 euros (+6,58%); o esparguete, de 0,91 euros para 1,01 euros (+10,62%), a dourada, de 6,34 euros por quilo para 6,99 euros por quilo (+10,25%) e a couve, de 1,09 euros por quilo para 1,49 euros por quilo (+36,7%).

“Apesar do pequeno alívio para os consumidores portugueses, esta tendência de redução de preços ainda não é suficiente para compensar o regresso da taxa de IVA de 6%”, lê-se na nota divulgada que acrescenta que no final do ano passado, quando o Iva zero ainda estava em vigor, este cabaz de produtos custava 136,45 euros, um valor ainda abaixo dos preços praticados no início desta semana.

“Esta redução de preços é uma boa notícia para as famílias portuguesas, no entanto é importante continuar atento às flutuações de preços, pois os comerciantes podem adaptar-se rapidamente a novas alterações no mercado”, alerta Pedro Pimenta, Head of Business do Kabaz.pt.

O responsável do novo comparador de preços de supermercados enfatiza ainda a importância de “continuar a comparar preços e, sempre que possível, recorrer a várias lojas e supermercados, para a aumentar a diversidade de escolha e, dessa forma, conseguir maximizar a poupança”.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline