01/03/2024
 
 
Brasil. Rio de Janeiro em estado de emergência devido à dengue

Brasil. Rio de Janeiro em estado de emergência devido à dengue

Dreamstime Jornal i 05/02/2024 15:46

O Brasil prevê receber até 6,2 milhões de doses de uma vacina japonesa contra a dengue em 2024, contudo, por se tratar de uma vacinação que requer duas doses da vacina, o valor encomendado apenas imuniza 3,1 milhões de pessoas, sendo insuficiente para enfrentar a atual explosão de casos.

No Rio de Janeiro, a segunda cidade mais populosa do Brasil, foram registados, de acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde, apenas no mês de janeiro, 10.156 ocorrências de casos de dengue, quase metade dos 22.959 casos registados em todo o ano de 2023.

Face ao aumento acrescido de casos, as autoridades locais declararam, esta segunda-feira, estado de emergência em saúde pública na cidade brasileira.

Eduardo Paes, perfeito do Rio de Janeiro, e Daniel Soranz, secretário municipal de Saúde, declararam, na passada sexta-feira, numa conferência de imprensa, que o Rio de Janeiro está a lutar contra uma epidemia de dengue, sendo que o passado mês de janeiro bateu o recorde de internamentos, segundo os dados da série histórica que começou em 1974.

Para combater a situação, o a cidade apresentou um plano de contingência, que prevê medidas de assistência à população e combate ao mosquito Aedes aegypti, vetor que transmite o vírus da dengue.

As medidas contemplam a abertura de dez polos de atendimento e a criação do Centro de Operações de Emergência (COE-Dengue).

Só em 2023, o país da América do Sul registou mais de 1,6 milhões de casos da doença, mais de um quinto de todos os notificados no mundo, tendo sido registadas 1.094 mortes, um recorde histórico. Os dados do Ministério da Saúde do Brasil referem ainda que, em janeiro de 2024, em todo o território brasileiro, já foram registados 262.247 casos prováveis de dengue.

A campanha de vacinação pública contra a dengue irá ter início ainda este mês, tendo como prioridade inocular crianças e adolescentes, entre os 10 e 14 anos, por representarem o maior número de internamentos pela doença.

O Brasil prevê receber até 6,2 milhões de doses de uma vacina japonesa contra a dengue em 2024, contudo, por se tratar de uma vacinação que requer duas doses da vacina, o valor encomendado apenas imuniza 3,1 milhões de pessoas, sendo insuficiente para enfrentar a atual explosão de casos.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline