01/03/2024
 
 
Libertados três detidos da Operação Pretoriano

Libertados três detidos da Operação Pretoriano

Jornal i 04/02/2024 15:50

As audições serão retomadas na segunda-feira, a partir das 10h00

Carlos Nunes, um dos 12 detidos no âmbito da Operação Pretoriano, foi o terceiro elemento libertado no sábado à noite, após prestar declarações ao juiz de instrução criminal. Além de Carlos Nunes, conhecido como ‘Jamaica’, saíram também em liberdade Tiago Aguiar e António Moreira de Sá.

A informação foi confirmada pelo advogado deste último à saída do Tribunal de Instrução Criminal do Porto.Jorge Correia referiu que o cliente seria libertado por o Ministério Público (MP) considerar desnecessárias medidas de coação privativas de liberdade.

Segundo este advogado, outro dos detidos, Vítor Catão, optou por não falar com o juiz de instrução, ao contrário do que estava inicialmente previsto.

As audições serão retomadas na segunda-feira, a partir das 10h00, com Fernando Saul, oficial de ligação dos adeptos do FC Porto, seguido de Fernando Madureira, líder da claque Super Dragões.

Fernando Saul já tinha sido ouvido, mas vai prestar novamente declarações depois de as transcrições dos telemóveis de alguns dos 12 detidos da Operação Pretoriano terem sido juntas aos autos do processo, adiantou fonte judicial à agência Lusa.

O juiz de instrução criminal Pedro Miguel Vieira tinha chamado, no sábado, os advogados de todos os arguidos ao Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto, depois de ter analisado o relatório do conteúdo presente em alguns telemóveis apreendidos durante as buscas, remetendo esses meios de prova para o procurador do MP.

Na quarta-feira, a PSP deteve 12 pessoas – incluindo dois funcionários do FC Porto e o líder dos Super Dragões, Fernando Madureira -, no âmbito da Operação Pretoriano, que investiga os incidentes verificados numa Assembleia Geral extraordinária do clube.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline