01/03/2024
 
 
Pedro Nuno declarou morada em S. João da Madeira

Pedro Nuno declarou morada em S. João da Madeira

Miguel Silva Jornal i 02/02/2024 08:31

PS já reagiu.

 

Pedro Nuno Santos recebeu durante nove anos, entre 2005 e 2015, 203 mil euros em subsídio de deslocação, apesar de ter casa em Lisboa. Nesse período, o agora secretário-geral socialista preencheu os seus dados no formulário da Assembleia da República indicando a morada em São João da Madeira, o que teve implicações no pagamento de abonos de deslocação (uma compensação salarial para os deputados que residem fora de Lisboa) e ajudas de custo, avançou a Sábado.

O PS já reagiu: «Em relação ao abono de deslocação de deputado em várias legislaturas anteriores, o mesmo é atribuído em função do local onde o deputado reside e tem o centro da sua vida pessoal e familiar. Ora, o centro da vida do Secretário-Geral do PS, durante o período em causa, era em São João da Madeira».

Os casos de moradas declaradas pelo deputados já tinha gerado polémica em 2018, levando Ferro Rodrigues, na altura presidente da Assembleia da República, a pedir um parecer ao Auditor Jurídico do Parlamento.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline