20/04/2024
 
 
Aumento de capacidade do aeroporto de Madrid

Aumento de capacidade do aeroporto de Madrid

Jornal i 26/01/2024 11:57

“Com este investimento, vamos fortalecer a liderança do ‘hub’ com a América Latina e vamos desenvolver o ‘hub’ com a Ásia, com novas rotas e linhas, essa é a nossa ambição”, afirmou o chefe do governo espanhol

O aeroporto de Madrid vai aumentar a sua capacidade em 28% até 2031, para 90 milhões de passageiros anuais. O aumento será resultado de um investimento de 2.400 milhões de euros, anunciou esta sexta-feira o primeiro-ministro de Espanha. 

Trata-se do “maior investimento da última década em infraestruturas aeroportuárias em Espanha”, disse Pedro Sánchez. “Vamos transformar o aeroporto de Madrid num dos maiores aeroportos da União Europeia e, portanto, do mundo, com vocação de se consolidar como centro de ligações entre a Europa e a América Latina e também a Ásia”, acrescentou.

Depois de sublinhar que em 2023 Espanha alcançou números recorde de turismo, tanto a nível de visitantes, como de receitas e de emprego no setor, o líder do governo espanhol considerou as infraestruturas determinantes para o país ser e continuar a ser “uma potência mundial de turismo”.

Espanha, realçou Sánchez numa visita à Feira Internacional de Turismo de Madrid (FITUR), tem uma rede de comboios de alta velocidade que é “das melhores do mundo”, assim como “bons aeroportos”, estando os de Madrid e Barcelona já “entre os maiores da Europa em número de passageiros”.

Segundo o chefe do executivo espanhol, o aeroporto gera, de forma direta ou indireta, quase 10% do Produto Interno Bruto (PIB) da região de Madrid e a ampliação “vai traduzir-se num forte crescimento de capacidade e de rotas”, assim como na criação de milhares de empregos novos.

“Com este investimento, vamos fortalecer a liderança do ‘hub’ com a América Latina e vamos desenvolver o ‘hub’ com a Ásia, com novas rotas e linhas, essa é a nossa ambição”, afirmou.

Os aeroportos de Espanha tiveram em 2023 um recorde de 283,2 milhões de passageiros, revelou a empresa AENA, que gere os 48 aeroportos civis do país.

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline