05/03/2024
 
 
"Os russos não querem a paz. Eles querem a dominação", diz Ucrânia

"Os russos não querem a paz. Eles querem a dominação", diz Ucrânia

Jornal i 14/01/2024 16:20

“A escolha é simples: ou perdemos e desaparecemos, ou vencemos e continuamos a viver. E estamos a lutar”, chefe de gabinete do Presidente ucraniano.

 

O chefe de gabinete do Presidente ucraniano rejeitou, este domingo, a possibilidade de um cessar-fogo com Moscovo, alegando que “os russos não querem a paz”. 

“Hoje aqui falamos de ordem mundial e justiça”, disse Andriy Yermak, na sequência de uma reunião preparatória do Fórum de Davos, na Suíça, através do Telegram.  

“Definitivamente não é o caminho para a paz. Os russos não querem a paz. Eles querem a dominação. Portanto, a escolha é simples: ou perdemos e desaparecemos, ou vencemos e continuamos a viver. E estamos a lutar”, disse. 

“Se o direito internacional e a integridade territorial da Ucrânia não forem restaurados, qualquer agressor em qualquer parte do mundo poderá apoderar-se amanhã de um pedaço de qualquer país e realizar eleições falsas”, continuou.  

A paz que a Ucrânia procura “deve garantir a sua sobrevivência, integridade, soberania e desenvolvimento” e “este é o único caminho a seguir”. 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline